Build 'perdida' de Minecraft é achada por tweet feito em 2010

1 min de leitura
Imagem de: Build 'perdida' de Minecraft é achada por tweet feito em 2010
Avatar do autor

Um grupo de fãs que preservam a história do jogo Minecraft comemoraram a descoberta de uma build extremamente rara e que era dada como desaparecida da internet.

Como conta o Kotaku, tudo começou com as buscas do grupo Omniarchive, que são preocupados em preservar a história de uma plataforma que já foi atualizada tantas vezes, mas começou com versões mais simples desde 2009.

Uma das versões mais buscadas pela equipe era a build Alpha 1.1.1, lançada em 18 de setembro de 2010 e disponível para download por apenas algumas horas. O motivo? A execução do game era encerrada após 25 minutos, graças a um bug fatal que deixava a tela cinza. Uma atualização melhorada substituiu o link original, que teria sido baixado e preservado por poucas pessoas.

Em busca do jogo perdido

Uma pista de que havia uma versão funcional da Alpha 1.1.1  de Minecraft por aí veio de uma forma inusitada: um usuário fez uma busca pela build no Twitter e encontrou uma postagem de 2010, com uma jogadora comentando o lançamento.

A usuária, que atende pelo nome de Lunasorcery, não respondeu à primeira tentativa de contato, mas algum tempo depois retornou uma mensagem.

Após procurar nos próprios pertences, ela encontrou um HD externo antigo e, em meio aos backups, achou o executável da versão. A comunidade celebrou e confirmou que a build é de fato verdadeira, agora devidamente preservada. As análises até mostraram que o arquivo foi baixado menos de 90 segundos antes do lançamento da build 1.1.2, ou seja, no limite do desaparecimento completo do arquivo.

"Moral da história: nunca delete nada. E também apoie os arquivistas, eles estão fazendo um trabalho importante", afirmou Luna ao final da sequência de postagens. Outras builds foram encontradas após a publicação da thread original no Twitter e a divulgação do caso em sites de notícias.

Fontes

Build 'perdida' de Minecraft é achada por tweet feito em 2010