Starfield promete mais de 100 horas de gameplay

1 min de leitura
Imagem de: Starfield promete mais de 100 horas de gameplay
Imagem: Bethesda

Quasar ICE

Starfield apareceu na E3 2021 com pompas de um projeto ambicioso, e aparentemente é dessa forma que a Bethesda está encarando os trabalhos feitos no jogo. Em um bate-papo com a equipe do site Telegraph, Todd Howard, um dos responsáveis pelo projeto, declarou que este é o maior game da produtora até aqui, além de revelar outros detalhes.

Durante a conversa, Howard revelou que o título vai permitir que o jogador avance pelos planetas utilizando primeira ou terceira pessoa, além de ser um RPG muito mais hardcore que qualquer outro da companhia. Outro detalhe importante é a possibilidade de se aventurar por esse universo por mais de 100 horas.

Na ocasião, também foi dito que apesar de estar baseado em uma realidade mais científica, ainda assim estamos diante de um game (uma prova disso, por exemplo, é o fato de lasers existirem mesmo no vácuo), além de termos várias raças de alienígenas para interagir e planetas para visitar.

“Bem, você ainda pode ver alguns lasers no vácuo. Ainda é um jogo, não vamos nos enganar aqui. Mas quando você cria essas coisas, você pode se apoiar em alguns conceitos e eles são capazes de criar sua própria vibe. Há até mesmo um caso no trailer, onde você faz parte da Constellation [uma das facções do game] e consegue uma espécie de relógio de explorador. E isso é parte da identidade de... sabe, como essas coisas funcionam? O que elas fazem ou não fazem? Tom. Muito disso está relacionado ao tom”, explicou Howard.

Você está ansioso para conferir Starfield? Deixe a sua mensagem no espaço mais abaixo destinado aos comentários.

Starfield promete mais de 100 horas de gameplay