12 grandes semelhanças de Resident Evil Village e Resident Evil 4

11 min de leitura
Imagem de: 12 grandes semelhanças de Resident Evil Village e Resident Evil 4
Avatar do autor

Assim que Resident Evil Village foi anunciado, muita gente notou que ele traria alguns fatores bem diferentes para a franquia de horror da Capcom, só que, a cada trailer ou demo disponibilizada, também era possível perceber que ele tinha certas similaridades com o nosso velho conhecido Resident Evil 4. Com o game devidamente lançado e zerado por muitos de seus fãs, essa suspeita inicial se confirmou e deu para perceber que havia sim uma grande inspiração na antiga aventura de Leon S. Kennedy.

Só que isso nem é um segredo, já que o diretor do game, Morimasa Sato, revelou em entrevista à IGN americana que, enquanto Resident Evil 7 tem realmente boa parte de seu DNA herdado do primeiro game da franquia, Resident Evil Village conta com muitos elementos e a essência de Resident Evil 4. Já sabemos que o resultado ficou fantástico, mas que tal dar uma olhada nas 10 principais semelhanças que encontramos em ambos os jogos?

Algumas são óbvias e outras podem passar despercebidas por quem não joga o quarto game da franquia há algum tempo. Só tenha cuidado, já que abaixo temos algo muito mais assustador que o Regenerator: grandes spoilers sobre os inimigos, chefes e a trama de Resident Evil Village!

1. Vendedor

A primeira semelhança que notamos quando começamos a jogar Resident Evil Village é o vendedor, um NPC que só tinha feito sua aparição em Resident Evil 4 e que, é claro, roubou nossos corações com suas falas inesquecíveis. Infelizmente, é claro que não vemos exatamente o mesmo personagem retornando no novo game, mas sim um mercante conhecido apenas como Duque.

Assim como no original, o Duque está sempre perto de um local seguro para comprar itens valiosos que o jogador pode ter, assim como vender suprimentos bem especiais e que podem facilitar a difícil vida de Ethan Winters. Ah, vale dizer que ele até faz uma referência ao misterioso vendedor que auxiliava Leon, mencionando uma frase que ele diz ser de um de seus velhos amigos: "What are you buying?".

2. Aprimoramento de armas

Com o vendedor à sua disposição, há a oportunidade de realizar o aprimoramento das armas novamente. É possível melhorar o poder de fogo, o recuo, a velocidade de carregamento e a quantidade de munição por cartucho. Além disso, dá para comprar e equipar peças que melhoram significativamente o desempenho de cada arma, sendo que, ao chegar no nível máximo de cada uma, o gamer recebe um bônus bem legal para quando quiser iniciar a aventura do zero.

As melhorias nas armas são iguais nos dois gamesAs melhorias nas armas são iguais nos dois games.Fonte:  Resident Evil 4/Reprodução 

Fora isso, o jogador também encontra várias outras armas pelo caminho e pode ir aprimorando tudo até o dinheiro acabar. Felizmente, o dinheiro está longe de ser algo escasso em Resident Evil Village, como veremos no tópico seguinte.

3. Tesouros

Agora não é mais só o Leon que pode se vangloriar de ter ficado rico pegando sacos de dinheiro na Europa, afinal, Ethan Winters pode encontrar a moeda local conhecida como Lei em quase todos cantos de Resident Evil Village, incluindo caixas ou barris de madeira (sim, eles também estão de volta) e o jogador pode quebrá-los com uma confiável faca.

Fora isso, assim como antes, os inimigos podem deixar materiais quando morrem, incluindo dinheiro ou itens valiosos que podem ser vendidos. Falando nisso, o mapa do título está repleto de tesouros, sendo que alguns deles podem ser combinados com mais peças para que você possa vendê-los por uma quantia ainda maior.

Você precisará explorar o mapa todo para encontrar os tesouros combináveisVocê precisará explorar o mapa todo para encontrar os tesouros combináveis.Fonte:  Resident Evil Village/Reprodução 

Como em Resident Evil 4, você precisa solucionar alguns puzzles ou explorar bem cada local do mapa para encontrar esses preciosos tesouros. Também há pedras preciosas escondidas no teto ou em objetos no cenário, algo bem comum no game antigo. Isso acaba dando um bom motivo para visitar cada canto do mapa e inclusive dá uma folga se o gamer não quiser ficar matando monstros sem parar.

4. Medidas de emergência

Um dos maiores terrores que enfrentamos na primeira vez que jogamos Resident Evil 4 é perceber que os inimigos são rápidos, golpeiam com armas brancas e são capazes de perseguir e planejar ataques em grupo. É claro que meras armas ou granadas só ajudam até certo ponto, então era um alívio perceber a possibilidade de usar móveis para formar barricadas nas casas da vila ou barris explosivos como medidas de emergência. Assim, o jogador podia se defender ou matar vários Ganados de uma só vez e com um único tiro.

Há muitas partes em que você fica cercado de inimigos, mas as barricadas ajudam bastanteHá muitas partes em que o jogador fica cercado de inimigos, mas as barricadas ajudam bastante.Fonte:  Resident Evil Village/Reprodução 

Com a agressividade e agilidade dos Licanos em Village, era de se imaginar que também seria difícil de lidar com todos em certas situações, o que se provou realidade em várias partes de maior ação do game. Felizmente, tanto as barricadas como os barris explosivos estão de volta nesse jogo, então dá para o jogador voltar a repensar os ataques nas horas em que for cercado pelos lobisomens ou mortos-vivos.

5. Locais

Para começar, vale dizer que ambos os jogos se passam na Europa, mas esse detalhe não seria o suficiente para atestar grande similaridade entre eles. O que realmente nos faz ter aquela sensação de déjà vu é que passamos por várias localidades muito parecidas, o que inclui uma pequena vila europeia, um castelo antigo, um grande lago com um monstro, cavernas, locais para criação de monstros em massa, etc.

Não dá para negar que certas localidades são bem parecidasNão dá para negar que certas localidades são bem parecidas.Fonte:  Resident Evil/Reprodução 

É claro que a sensação de familiaridade é muito mais forte em todos os momentos que o gamer está na vila principal ou mesmo no castelo que visita em seguida, já que são os lugares onde mais há lembranças dos tempos em que se tentava salvar a Ashley com o Leon.

6. A máquina de escrever

O sistema de salvamento de jogo tem uma história muito interessante na franquia da Capcom, já que nos primeiros games tínhamos de lidar com um sistema que nos limitava a salvar o progresso em locais específicos e necessitava de um item finito. Basicamente, era preciso encontrar uma máquina de escrever e ter tinta (o Ink Ribbon) para salvar o game.

Isso mudou um pouco em Resident Evil 4, já que nele só é necessário encontrar uma máquina de escrever e salvar o progresso à vontade, sem a necessidade de ter um Ink Ribbon em mãos. Nos games seguintes, até a máquina de escrever foi descartada, e os jogos contavam com salvamento automático.

A máquina de escrever está de volta e o Ink Ribbon ficou de fora novamenteA máquina de escrever está de volta, e o Ink Ribbon ficou de fora novamente.Fonte:  Resident Evil Village/Steam 

Em Resident Evil 7, vimos o retorno do salvamento em lugares fixos, mas com um gravador de fitas cassete desta vez. Já a sua sequência decidiu voltar ao esquema de Resident Evil 4, com a máquina de escrever, mas novamente sem precisar de tinta para salvar o progresso.

7. Comida

Outro fator que retorna em Village é a comida que Ethan pode pegar não só de peixes e galinhas, mas também de carneiros e porcos, por exemplo. Só que diferente da experiência com Leon, essa comida não serve para simplesmente recuperar o HP em horas de grande necessidade.

Dessa vez, pode-se juntar diferentes tipos de carne e ir até o Duque para que ele prepare refeições variadas que fornecem bônus interessantes. O jogador poderá aumentar a vida máxima, como em Resident Evil 4, e a velocidade de Ethan ou mesmo diminuir o dano tomado ao se defender.

Agora dá para pegar peixes de novo, mas o uso deles é muito melhorAgora dá para pegar peixes de novo, mas o uso deles é muito melhor.Fonte:  Resident Evil 4/Reprodução 

Esse é um um sistema que dá para dizer que melhorou bastante de 2005 para cá e que realmente tem incentivo para ir atrás dessas carnes.

8. Inimigos

Com pouco tempo de jogo, já dá para perceber que Resident Evil Village conta com inimigos diversos, só que também não dá para deixar de notar algumas similaridades com aqueles que enfrentamos na pele de Leon em 2005. Na vila inicial dos dois games, encontramos moradores infectados extremamente hostis e que agem de maneira parecida, por exemplo.

Os ganados foram os primeiros inimigos mais espertos que tivemos que combater em Resident EvilOs Ganados foram os primeiros inimigos mais espertos que tivemos que combater em Resident Evil.Fonte:  Resident Evil 4/Reprodução 

É claro que a aparência é completamente diferente, já que os Ganados de Resident Evil 4 pareciam pessoas normais, enquanto os Licanos de Resident Evil Village são basicamente lobisomens, mas o comportamento ainda é similar. Ambos podem desviar dos tiros quando o gamer ainda estiver mirando, carregam armas brancas e podem até atirá-las no jogador se ele não estiver perto o suficiente para dar um golpe normal.

Os Lycans não só podem desviar dos ataques, como atacam rapidamenteOs Lycans não só podem desviar dos ataques como atacam rapidamente.Fonte:  Resident Evil Village/Reprodução 

Já mais adiante também conhecemos um monstro chamado Soldat, que nos lembrou um pouco do aterrorizante Regenerator. Nos dois casos, temos monstros que eram humanos originalmente, mas tiveram seus corpos mutados de forma extrema devido à quantidade de parasitas injetada neles. Os dois inimigos só podem ser mortos quando acertamos o ponto fraco deles, que é mostrado em vermelho a olho nu em Resident Evil Village ou com a ajuda de uma mira infravermelha em Resident Evil 4.

Fora isso, a primeira aparição dos dois é bem similar, já que eles estão desacordados e só se levantam depois que o jogador pega um item por perto. A segunda aparição deles também é semelhante, tendo em vista que os dois monstros estão empilhados no teto e são soltos só quando o gamer pega outro item.

Apesar do visual diferente, as mecânicas e aparições são similaresApesar do visual diferente, as mecânicas e aparições são similares.Fonte:  Resident Evil/Reprodução 

Mais à frente, ambos os inimigos aparecem com mais frequência e apresentam algumas modificações poderosas que podem dar mais trabalho. No geral, a grande diferença entre eles, além da aparência, é: enquanto o Regenerator tem vários pontos fracos que precisam ser destruídos, o Soldat tem apenas um ponto que precisa ser atingido diversas vezes até sua iminente morte.

9. Trama

Para quem não lembra direito, Resident Evil 4 nos mostra Leon viajando para a Espanha para salvar a filha do presidente dos Estados Unidos, Ashley, que tinha sido sequestrada recentemente. Chegando lá, nosso herói se depara com uma vila cheia de pessoas hostis e que parecem venerar um estranho homem conhecido como Lord Saddler. Ao longo do game, descobrimos que Saddler utilizou um antigo parasita, conhecido como "Las Plagas", para infectar os habitantes da vila e alguns aliados para deixá-los mais poderosos.

Nos dois jogos, até vemos quadros de Saddler e Miranda nas casas dos moradores da vilaNos dois jogos, até vemos quadros de Saddler e Miranda nas casas dos moradores da vila.Fonte:  Resident Evil Village/Reprodução 

Já em Resident Evil Village, vemos Ethan Winters em um país europeu tentando salvar a filha dele,Rose, depois que ela foi raptada de casa. Ele se depara com uma vila cheia de monstros hostis e alguns moradores amigáveis que veneram uma mulher misteriosa conhecida como Mãe Miranda. Não demora muito para desvendarmos que Miranda infectou vários habitantes da vila e alguns de seus grandes aliados com um parasita conhecido como Cadou, que nada mais é do que uma versão modificada do mofo que vimos em Resident Evil 7.

Deu para perceber uma semelhança na trama dos dois, não é? Obviamente, os detalhes das histórias seguem caminhos bem diferentes, mas o tema é muito similar.

10. Inventário no formato de maleta

Claro, não pode faltar uma das mais claras referências a Resident Evil 4 na campanha inteira. A série de terror da Capcom sempre foi conhecida pelo sistema de inventário estratégico para solucionar puzzles e carregar suprimentos limitados, mas, no quarto game, ele foi reinventado com o estilo de maleta, envolvendo, literalmente, administrar cada espaço livre do compartimento.

Leon pode ter inaugurado o sistema, mas Ethan Winters aproveitou a mecânica de armazenamento em Resident Evil: Village. Portanto, pode se preparar para rotacionar e encaixar diversos itens da forma mais organizada possível em um estilo Tetris bem satisfatório.

11. Modo Mercenaries

Os fãs da franquia conhecem de longa data o modo Mercenaries, que deu as caras inicialmente em Resident Evil 3, de 1999. Contudo, quem jogou extensivamente Resident Evil 4 sabe o quão divertido a modalidade bônus pode ser, algo que, inclusive, moldou o formato no futuro da franquia, gerando um game exclusivo no estilo arcade no Nintendo 3DS.

Como não podia faltar no quarto título, tão amplamente inspirado, Resident Evil: Village também traz novamente o clássico Mercenaries de volta, que estava sumido há quase 10 anos (a última edição foi como modo bônus de Resident Evil 6, em 2012). Com algumas mudanças na fórmula, a novidade agradou aos fãs e à crítica, podendo se tornar a base de futuras adições à série.

12. Chefes

Para finalizar, não tinha como deixar de mencionar os chefes com os quais o jogador luta nos dois jogos. Como mencionamos na trama, temos um chefão final que arquiteta tudo e seus grandes aliados nos dois casos. Saddler conta com Ramon Salazar, Bitores Mendez, Del Lago e Jack Krauser como alguns dos principais ajudantes contra Leon. Já a Mãe Miranda tem o que ela chama de filhos como aliados, que são a Lady Dimitrescu, Donna Beneviento, Salvatore Moreau e Karl Heisenberg.

Ainda não entendemos o motivo de Bitores Mendez não ter recebido o mesmo amor dos fãs que a Lady Dimitrescu teveAinda não entendemos o motivo de Bitores Mendez não ter recebido o mesmo amor dos fãs do que a Lady Dimitrescu.Fonte:  Resident Evil 4/Reprodução 

Em aparência, não dá para deixar de notar que nos dois casos temos uma pessoa muito mais alta que o normal, a qual se transforma em um bicho enorme; uma mais baixa, com personalidade caricata; outra que aparenta um peixe gigante; e, por fim, uma que parece ser um humano comum com algumas modificações mecânicas. Fora isso, também há um entre eles que não é realmente tão fiel à Miranda e ao Saddler.

Os aliados de Miranda seguem um padrão parecido com os de SaddlerOs aliados de Miranda seguem um padrão parecido com os de Saddler.Fonte:  Resident Evil Village/Reprodução 

Só não dá para dizer que o combate com esses chefes são muito parecidos com os que Leon enfrentou há alguns anos. Mesmo o caso mais similar, que é o monstro conhecido como Del Lago e a versão transformada de Salvatore Moreau, não chega a ter uma mecânica de luta parecida.

Bônus: o que faltou para o jogo ficar perfeito?

Nem precisamos falar o que faltou para Resident Evil Village ficar realmente tão perfeito quanto o Resident Evil 4, não é? Obviamente, o nosso amado Leon S. Kennedy como protagonista ou pelo menos no lugar de Chris Redfield. Piadas à parte com os fãs do Chris, ficamos felizes em afirmar que o novo game não teve nada equivalente aos gritos de socorro da Ashley.

Você também tem um personagem favorito da franquia de zumbis?Você também tem um personagem favorito da franquia de zumbis?Fonte:  Resident Evil/Reprodução 

E você, notou outras grandes semelhanças entre os dois capítulos da saga de Resident Evil que não listamos aqui? Comente abaixo!

12% off
Imagem: Jogo Resident Evil Village, PlayStation 4
Imagem: Tecmundo Recomenda

Jogo Resident Evil Village, PlayStation 4

O Jogo Resident Evill Village para PlayStation 4 é a continuação da famosa franquia de terror de sobrevivência. Agora com gráficos ainda melhores, encare o horror de onde o Resident Evil 7 parou.

R$ 299,90
12 grandes semelhanças de Resident Evil Village e Resident Evil 4