Polícia chinesa prende grupo que lucrou US$ 640 milhões com cheat

1 min de leitura
Imagem de: Polícia chinesa prende grupo que lucrou US$ 640 milhões com cheat
Imagem: Mobile Time

Em 2018, a Tencent uniu forças com a polícia chinesa para prender um grupo responsável por criar cheats para jogos mobile. Três anos depois essa parceria volta a acontecer, mas dessa vez o intuito (alcançado) foi de prender o maior grupo criador de trapaças do mundo.

De acordo com informações que estão correndo a rede, o grupo em questão conseguiu arrecadar aproximadamente R$ 640 milhões ao longo de sua história com a criação de cheats. O caso em questão foi relatado à polícia em março do ano passado, e a investigação levou cerca de doze meses até ser concluída com a prisão dos envolvidos e a apreensão de diversos carros de luxo.




Foi mencionado ainda que esse grupo teve 17 sites fechados (alguns especializados em games como Valorant e Overwatch, porém o foco do grupo era trapaças para games mobile), e cobrava cerca de US$ 199 na mensalidade pelo pacote de trapaças.

"A polícia chinesa conhecida como Kunshan estava trabalhando com a Tencent para derrubar o maior grupo distribuidor de trapaças na China, onde eles foram presos e condenados a pagar US$ 46 milhões de indenização. Trapaceiros nunca irão prosperar", diz uma mensagem publicada na rede social do grupo policial que encabeçou esta ação.

Fontes

Polícia chinesa prende grupo que lucrou US$ 640 milhões com cheat