Bloodborne: vídeo mostra como seria o jogo em 4K 60fps

2 min de leitura
Imagem de: Bloodborne: vídeo mostra como seria o jogo em 4K 60fps

Quem sempre quis saber como seria Bloodborne rodando a 60 quadros por segundo, ou até mesmo em 4K, pode assistir ao vídeo abaixo compartilhado pelo site Digital Foundry para matar sua curiosidade. Utilizando um patch feito pela comunidade e inteligência artificial foi possível obter os dois resultados, mas há algumas ressalvas melhor comentadas a seguir.

Quando o PlayStation 4 Pro chegou, fãs do game pediram que uma versão que aproveitasse melhor o desempenho do console fosse lançada, pedido este que não foi atendido. Apesar disso, Lance McDonald's, um modder famoso, lançou um patch do jogo desbloqueando os 60 quadros por segundo após muita engenharia reversa. Ainda assim, o hardware do PS4 Pro sofreu para entregar o desempenho desejado e nem mesmo em 720p foi possível ter total estabilidade. Dessa forma, o projeto foi arquivado, aguardando um console da Sony com mais desempenho.

Com o lançamento do PlayStation 5, o patch foi ressuscitado e Bloodborne a 1080p  60fps se tornou possível, conforme demonstrado no vídeo acima. Equanto o patch para rodar o game a 60fps no PS4 Pro já se tornou público, o mod para PS5 apenas foi demonstrado em vídeo e pode demorar a ser liberado. Vale ressaltar ainda que estas são modificações não são oficiais e que não passaram por revisão da Sony e mesmo pela From Software. Outro detalhe importante está no fato de que o videogame precisa ser preparado para receber o patch em um processo que não é tão simples assim, já que requer um kit de desenvolvedor ou um console de dubug.

Além desta versão, o site Digital Foundry resolveu ir além e utilizar o vídeo como base para gerar um outro vídeo de Bloodborne rodando a 4K. Isso foi possível utilizando um programa chamado Video Enhance AI, desenvolvido por Topaz Labs. Este software analisa quadro a quadro e aplica a técnica de upscaling, que consiste em gerar pixels em resolução mais alta do que a originalmente reproduzida. Neste processo, os frames demoram muito para serem renderizados, tornando impossível de ser feito nativamente através do videogame.

O resultado é demonstrado no vídeo e, segundo os apresentadores Richard Leadbetter e John Linneman do Digital Foundry, não é tão surpreendente quanto poderia por conta das limitações do jogo. O anti-serrilhado tem características peculiares, também há problemas de aberração cromática e outras singularidades que geram uma imagem com alguns poucos ruídos.

Enquanto Bloodborne tem suas limitações, God of War recebeu uma atualização oficial que permite ser jogado em 4K 60fps no PS5.

Imagem: Jogo Bloodborne Hits, PlayStation 4
Imagem: Tecmundo Recomenda

Jogo Bloodborne Hits, PlayStation 4

Enfrente seus pesadelos enquanto busca respostas na antiga cidade de Yharnam, agora amaldiçoada com uma estranha doença endêmica que se espalha pelas ruas como fogo.

Fontes

Bloodborne: vídeo mostra como seria o jogo em 4K 60fps