Streamer da Twitch é banido apenas por usar o seu próprio nome

1 min de leitura
Imagem de: Streamer da Twitch é banido apenas por usar o seu próprio nome
Imagem: GeorgeNotFound

O streamer George Davidson passou por poucas e boas na Twitch nos últimos dias. Lá, o dono do canal GeorgeNotFound foi banido mais de uma vez por "assédio através do nome de usuário", uma decisão bem controversa e estranha, para dizer o mínimo.

Tudo começou no dia 13 de março, quando a sua conta secundária foi suspensa por tempo indeterminado. Por e-mail, a Twitch alegou que o nome "ThisIsNotGeorgeNotFound", uma simples piada entre o seu nome próprio e o nome de seu canal principal, configurava "uso inapropriado que viola as regras da comunidade de forma severa ou recorrente."



GeorgeNotFound é, obviamente, uma simples referência ao clichê da internet "Page Not Found", ou "página não encontrada", apenas trocando o termo pelo seu próprio nome em uma piadinha inocente, o que obviamente não deveria configurar qualquer ameaça a ninguém.

Mais estranho ainda foi George descobrir, já no dia seguinte, em 14 de março, um novo e-mail confirmando que sua conta tinha sido banida pela segunda vez, o que deveria ser impossível, a não ser que ela tivesse sido "desbanida" no meio tempo:



Desta vez, a Twitch alegou que ele estava "cometendo abuso através de seu nome", algo bem difícil de sustentar. Vale notar que a sua conta secundária tinha mais de 300.000 seguidores, o que deveria inspirar um pouco mais de cuidado na revisão por parte dos moderadores da Twitch.



No mesmo dia, George riu ao constatar que o canal já não estava mais banido. Será que essa história bizarra já chegou ao fim ou teremos mais banimentos pela frente? O que você achou dessa situação tão inusitada? Comente a seguir!

Fontes

Streamer da Twitch é banido apenas por usar o seu próprio nome