CoD Warzone: 60 mil contas são banidas por trapaça

1 min de leitura
Imagem de: CoD Warzone: 60 mil contas são banidas por trapaça
Imagem: Activision/Divulgação
Avatar do autor

A Activision anunciou que baniu mais de 60 mil contas de Call of Duty Warzone. O motivo, de acordo com a empresa, é que os jogadores foram pegos usando softwares de trapaça no game. Com essa ação, já são mais de 300 mil banimentos no mundo todo desde o lançamento do título em março de 2020.

Em um comunicado, a desenvolvedora disse que está focada em combater os trapaceiros e programas que realizam cheats. A responsável por CoD Warzone também pontuou que está se esforçando para identificar e abordar provedores de trapaça que distribuem softwares não autorizados de modding e hacking.

“Nós estamos comprometidos em entregar uma experiência justa e divertida para todos os jogadores. Esse é um foco das nossas equipes de segurança, fiscalização e tecnologia”, defendeu a empresa.

A desenvolvedora ainda detalhou algumas das ações de combate aos trapaceiros. Entre elas, estão lançamentos semanais de atualizações de segurança, melhorias nos mecanismos de denúncia dentro do jogo e adoção de autenticação em dois fatores.

Histórico trapaça em Call of Duty: Warzone

CoD Warzone sofre com trapaceiros desde o lançamento do game. Logo no mês seguinte, já era comum ver reclamações de jogadores em relação ao uso de bots de mira e trapaças em paredes, por exemplo. Em janeiro deste ano o criador de conteúdo Vikkstar chegou a anunciar que não jogaria mais o game por causa dos cheats.

O comunicado da Activision surge em resposta às reclamações dos players. Além da promessa que os trapaceiros serão fiscalizados a empresa confirmou que possui uma estrutura interna para atuar especificamente sobre esse assunto.

E você, já teve problemas com hackers em Warzone? Conte para a gente nos comentários abaixo!