Immortals: a franquia conseguiu se estabelecer? Ubi quer “novos horizontes”

1 min de leitura
Imagem de: Immortals: a franquia conseguiu se estabelecer? Ubi quer “novos horizontes”

Detentora de inúmeros títulos que têm boa frequência de lançamentos no mercado, a Ubisoft enfrentou o árduo desafio de trazer, em meio a seus filhos, mais um herdeiro: Immortals: Fenyx Rising.

Sabemos que lançar um novo nome em uma indústria tão saturada requer não apenas a boa vontade, o marketing e a competência técnica, mas também a capacidade de estabelecer esse produto com planos de longo prazo e conteúdos que expandam a proposta original, especialmente quando se trata de mitologia.

O mapa de Immortals foi delineado desde o começo: três expansões haviam sido programadas antes do lançamento do jogo. Para entender melhor o futuro da franquia e o que os jogadores podem esperar da saga de Fenyx, o Voxel conversou com Julien Galloudec, diretor-assistente do jogo, e obteve boas notícias.

--Fonte:  Ubisoft/Divulgação 

Explorando “novos horizontes”

Sim, a recepção a Immortals: Fenyx Rising foi positiva o suficiente para preparar um terreno fértil ao futuro do game. “Esse é sempre o principal objetivo para os desenvolvedores. Agora estamos explorando outros horizontes com os DLCs, expandindo o universo e tentando coisas novas, então os jogadores podem continuar se engajando com novos conteúdos”, explicou Galloudec.

A mitologia grega trocará figurinhas com a chinesa na segunda expansão do game, Immortals: Fenyx Rising – Myths of the Eastern Realm, que vai introduzir um novo herói, Ku. O personagem embarca em uma jornada para salvar mortais em uma nova ilha mística na fronteira entre o Céu a Terra. Que camada extra essa novidade trará ao gameplay?

“Os jogadores terão de dominar as habilidades e o estilo de luta de Ku, inspirados em artes marciais da China, para derrotar novos inimigos e monstros da mitologia chinesa”, ressaltou o diretor-assistente.

--Fonte:  Divulgação/Ubisoft 

E os desafios extras que vão além do conteúdo narrativo?

O artista lembra que, “além dos três DLCs de narrativa, os jogadores terão acesso a conteúdo gratuito, como desafios e recompensas de quests diárias e semanais, incluindo disputas da comunidade, bem como um New Game Plus”.

Já é cedo para falar em sequência?

Perguntado sobre isso, Galloudec foi enfático: “Estamos atualmente focados em entregar o conteúdo pós-lançamento de Immortals: Fenyx Rising”.

--Fonte:  Divulgação/Ubisoft 

Portanto, sim, ainda é cedo para falar em sequência, mas, dada a boa recepção ao jogo, o cenário é promissor. Não deixe de conferir nossa análise completa de Immortals: Fenyx Rising.

O título está atualmente disponível para PS4, Xbox One, PS5, Xbox Series X|S, Switch e PC. Você provou e aprovou essa nova aventura da Ubisoft? Comente aqui embaixo.

Immortals: a franquia conseguiu se estabelecer? Ubi quer “novos horizontes”