The Elder Scrolls Online anuncia o seu novo capítulo Blackwood

4 min de leitura
Imagem de: The Elder Scrolls Online anuncia o seu novo capítulo Blackwood
Imagem: Bethesda

A Bethesda anunciou hoje os seus planos de conteúdo futuro para o MMORPG de sucesso The Elder Scrolls Online. Prepare-se para um ano inteiro de aventuras em Gates of Oblivion com o novo capítulo Blackwood, que chega ao PC e Stadia no dia 1° de junho de 2021 e ao Xbox One e PlayStation 4 em 8 de junho de 2021.

A convite da produtora, pudemos conversar diretamente com Rich Lambert, o diretor criativo de ESO, que gentilmente nos contou, em primeira mão, o que esperar de todas as novidades, além de compartilhar mais alguns detalhes sobre o conteúdo inédito. A seguir, confira as informações e os melhores momentos desse papo.

Um novo ano cheio de aventuras

Ao longo da jornada de Gates of Oblivion, será possível explorar uma história inédita que se estenderá por todo o conteúdo lançado para ESO em 2021, como os próximos DLC The Elder Scrolls Online: Flames of Ambition e Blackwood. A ideia é descobrir os planos e as tramoias do príncipe daédrico Mehrunes Dagon cerca de 800 anos antes dos eventos vistos em The Elder Scrolls IV: Oblivion.

"Dagon é um dos meus personagens favoritos, acho ele muito muito legal", comemorou Rich. "Ainda não tínhamos dado muitos holofotes para ele no nosso lore, ele não era tão conhecido assim. Mas estamos na Segunda Era, então isso nos dá muitas oportunidades para explorar outras histórias e passar a nossa própria leitura desse mundo, o que é muito empolgante e divertido!", ele afirmou.

A agenda de lançamentos de Gates of Oblivion é a seguinte: Flames of Ambition chega a PC e Stadia em 8 de março de 2021 e a Xbox One e PS4 em 16 de março de 2021, seguido por Blackwood, que sai para PC e Stadia em 1° de junho de 2021 e para Xbox One e PS4 em 8 de junho de 2021. Depois disso, ainda haverá uma DLC com dungeon pack no 3° trimestre e uma DLC com zona de história no último trimestre de 2021.

Em Blackwood, os jogadores terão mais de 30 horas de novos conteúdos de história, explorando uma nova parte bem colorida de Tamriel, onde a cultura dos Argonians bate de frente com as ambições do Imperial.

"Uma das coisas mais mágicas de ESO é que você não precisa subir de nível ou passar pelos últimos 7 anos de conteúdo se não quiser", explicou Rich. "Você pode criar um novo personagem e ir direto ao conteúdo inédito. Temos um novo tutorial, e de lá você pode escolher para qual história quer ir. Cabe a você escolher a ordem e o que quer ou não experimentar", ele explicou.

Companheiros para a jornada

O novo capítulo apresenta, além da zona de Blackwood, um sistema inédito de Companions, um novo trial para 12 jogadores chamado Rockgrobe, um novo evento de Oblivion Portals, novos chefes, quests e dungeons públicas, além de diversas atualizações e melhorias de qualidade de vida.

Mecanicamente, os Companions são justamente a adição mais interessante: agora há a possibilidade de recrutar um aliado NPC para viajar e lutar com o jogador, cada um deles é dono de sua própria história e personalidade. Eles podem seguir o gamer em quase todas as missões, e suas habilidades sobem de nível no processo.

"Os Companions são destravados ao completar missões e, uma vez liberados, eles podem ser os seus companheiros permanentes de aventura", explicou Rich. "É possível usá-los em quase qualquer lugar, já que por enquanto os deixamos restritos apenas no PvP. Dá para customizar cada um deles, e aí eles podem assumir qualquer papel que o jogador quiser ou precisar!", ele disse.

Rumo à Blackwood

A região de Blackwood está sob influência daédrica e o seu povo sofre para conseguir sobreviver. Ela inclui a cidade Imperial de Leyawiin (originalmente mostrada em Oblivion), a floresta de Niben e até os pântanos de Blackwood Bod. Essa será a maior narrativa de Gates of Oblivion e totalmente autocontida.

"Honestamente, a comunidade é a principal razão do nosso sucesso", comemorou Rich. "Estamos sempre vendo postagens em fóruns no Reddit, o feedback enviado dentro do jogo. Se você ver o mapa em Blackwood, notará que tentamos fazer algo diferente de Greymoor, em que os jogadores sentiram ser meio difícil de navegar, então mudamos isso neste ano", ele afirmou.

Na trama, é preciso investigar uma conspiração que envolve os Longhouse Emperors exilados e revelar como foi o seu pacto mortal. Por trás de tudo isso, como é possível imaginar, está o príncipe da destruição Mehrunes Dagon, mas seus planos exatos ainda seguem cercados por mistério. Só se descobre exatamente o que ele tem em mente quando são colocadas as mãos no novo conteúdo.

Quem fizer a pré-venda dele já leva de cara o novo pet Nightmare Bear Cub e o novo mount Nagahide Welwa Ravager, o qual só estará disponível para resgate até 17 de março de 2021. Outros brindes incluem o outfir Dremora Kynreeve, pet Deadlands Wamasu, 1 caixa de Iron Atronach, 3 mapas de tesouro de Blackwood e 2 Scrolls de XP.

O que você achou das novidades reveladas hoje pela Bethesda? Está empolgado para os próximos DLC de ESO? Conte para a gente nos comentários a seguir.

The Elder Scrolls Online anuncia o seu novo capítulo Blackwood