Razer apresenta máscara RGB e cadeira imersiva na CES 2021

2 min de leitura
Imagem de: Razer apresenta máscara RGB e cadeira imersiva na CES 2021
Avatar do autor

A Razer apresentou na CES 2021 dois projetos com tecnologias inovadoras. O primeiro é uma máscara inteligente, feita de plástico transparente que traz iluminação interna para facilitar a comunicação. E o outro é de uma cadeira gamer, também com RGB, e com um monitor curvo, para imersão total do jogador.

Projeto Hazel

O Projeto Hazel visa ser a máscara facial mais inteligente do mundo. A começar pelo design claro e transparente, que permite visualizar sorriso e expressões faciais através da máscara. Além disso, também permite que deficientes auditivos possam fazer a leitura labial. E em ambientes mais escuros, ou a noite, luzes internas são acionadas automaticamente para ajudar na visualização dos lábios.

Ainda para facilitar a comunicação, a máscara conta com microfones embutidos na parte interna, junto a amplificadores que reproduzem o som para o exterior. A intenção é proporcionar diálogos mais limpos, diferente do som abafado que acontece com praticamente todas as máscaras comuns.

Sobre a sua composição, ela é toda revestida de silicone para proporcionar conforto em longas horas de uso. Ela também conta com pequenos ventiladores que filtram o ar e podem ser higienizados na própria caixa de carregamento rápido. Ela também mostra o nível de bateria durante o processo de recarga.

Projeto Hazel é um conceito de máscara inteligente com RGB da RazerProjeto Hazel é um conceito de máscara inteligente com RGB da RazerFonte:  Razer/Divulgação

E por fim, assim como boa parte dos produtos RGB da Razer, é possível configurar o conjunto de cores dos LED posicionados na parte lateral da máscara. Através do aplicativo Razer Chroma RGB, é possível personalizar o visual com mais de 16 milhões de cores, e criar seu próprio efeito de iluminação.

Project Brooklyn

Já o outro conceito é chamado de Project Brooklyn. Ele consiste em uma cadeira gamer com uma imersão nunca antes vista. Para isso, ela traz desde uma tela curva de alta definição embutida, até sensores que trazem vibrações em diferentes partes da cadeira.

Sua estrutura é feita com fibra de carbono, com apoio de braços 4D que se estendem como mesas ajustáveis para posicionar teclado e mouse. O seu formato se difere dos modelos "cockpit" padrão, apostando em um design mais confortável, com almofadas de espuma de alta densidade, que suportam o formato dos usuários, junto a um encosto de couro para manter a postura durante longas horas de jogo.

Para o ajuste de posição, o modelo conta com um roteamento de cabos em uma plataforma ajustável. A tela, que fica posicionada a frente do jogador e traz gráficos na mais alta definição, é armazenada na parte de trás da cadeira quando não está em uso. E por fim, os ajustes de braço, separados em cada lado, permitem que o usuário altere o uso de, por exemplo, teclado e mouse por um joystick.

Project Brooklyn é uma cadeira gamer imersiva com tela curva de alta definiçãoProject Brooklyn é uma cadeira gamer imersiva com tela curva de alta definiçãoFonte:  Razer/Divulgação

Vale lembrar que ambos os projetos são apenas conceitos. Ou seja, não possuem preço e data de lançamento, ou sequer possuem certeza que chegarão ao mercado.

E você? O que achou dos conceitos? Conte para nós na seção de comentários!

Imagem: Headset com Microfone Razer Kraken X
Imagem: Tecmundo Recomenda

Headset com Microfone Razer Kraken X

Possui design supra-auricular em formato arco para cabeça para maior confortabilidade. Tem controle de volume, som surround 7.1 e drivers de 40 mm com afinação personalizada.