15 Jogos fod@s que você pode ter deixado passar em 2020

9 min de leitura
Imagem de: 15 Jogos fod@s que você pode ter deixado passar em 2020

O ano de 2020 foi no mínimo complicado. Mesmo com todos os problemas pelo mundo afora, diversos games incríveis foram lançados, como The Last of Us — Parte 2, Ghost of Tsushima e Hades, que apaixonaram legiões de fãs e conquistaram diversos prêmios.

E assim como todos os anos antes deste, muitos jogos ótimos foram lançados, mas não receberam tanta atenção da comunidade gamer. Por conta disso, viemos apresentar 15 games fod@s que você pode ter deixado de conhecer em 2020.

1. Fae Tactics

(PC e Nintendo Switch)

RPG de estratégia Fae Tactics é confirmado para o Switch; Jogo será lançado  durante o outono brasileiro – Switch Brasil

Fae Tactics, da Endless Fluff Games, é para quem está buscando um game de RPG com combate em turno que lembra grandes clássicos do gênero lá da época do "Nintendinho".

A protagonista é Peonny, uma feiticeira que está atrás de sua mãe. Para enfrentar os perigos do mundo, ela vai em busca de novas magias e aliados que a acompanharão nessa jornada.

A história é intrigante e o ritmo narrativo muito bom, mas a "estrela da noite" realmente é o combate que abusa da verticalidade e é simples de se entender, mas bem complicado de se dominar. Um desafio e tanto para quem decidir se aventurar no game.

2. Sakuna: Of Rice and Ruin

(PS4, PC e Nintendo Switch)

Sakuna: Of Rice and Ruin for Nintendo Switch - Nintendo Game Details

Se tem uma coisa que eu nunca pensei que diria em toda minha vida é que plantar arroz pode ser bem divertido, mas só se você jogar Sakuna: Of Rice and Ruin, da Edelweiss.

O game de ação tem visuais 2.5D e tem um combate baseado em elementos de plataforma e combos malucos. Mesmo com a "porradaria correndo solta", tudo envolve cultivo de arroz — isso para não morrer de fome.

Então, o jogador ao mesmo tempo que explora a ilha e bate em quem aparecer na frente também remove ervas daninhas e coloca a quantidade certa de água na plantação.

3. Spiritfarer

(PS4, Xbox One, PC e Nintendo Switch)

Spiritfarer for Nintendo Switch - Nintendo Game Details

Visuais cartunescos, personagens cativantes e um sistema de construção e gerenciamento bem profundo, essas são algumas características que apresenta Spiritfarer, título da canadense Thunder Lotus Games.

A aventura protagonizada por Stella e seu gato, Daffodil, é lotada de dificuldades que podem ser superadas com exploração e crafting, além da ajuda muito bem-vinda de personagens carismáticos que encontramos pelo caminho.

Se você gostou de Animal Crossing (da Nintendo) e procura uma aventura mais tranquila, com "good vibes", contrastando bastante com o ano em que o game foi lançado, vá com certeza atrás de Spiritfarer.

4. Othercide

(PS4, Xbox One, PC e Nintendo Switch)

Gothic RPG Othercide Locks In Its PS4 Release Date - PlayStation Universe

Se você pegar um caldeirão bem fundo, colocar uma gameplay tática, o gênero roguelike, elementos de terror e inspiração em grandes obras publicadas em diferentes formatos, você verá Othercide.

O jogador controla um pequeno exército de guerreiras que possuem espadas enormes e armas gigantes que podem ser usadas para derrotar todos os inimigos no caminho, mas é necessário cautela para não ser pego desprevenido.

Sua gameplay tática é incrível, tanto para quem é fã do gênero quanto para quem está querendo entrar nesse universo. A direção de arte é sombria, o enredo é envolvente e a trilha sonora maravilhosa. Um "prato cheio" para exploradores do mundo dos games.

5. Desperados III

(PS4, Xbox One e PC)

Buy Desperados III - Microsoft Store en-IN

O ano de 2020 foi até interessante para os fãs de estratégia, mas, para a grande maioria, esses títulos acabaram passando por fora do radar. Por conta disso, uma ótima recomendação para quem quer bolar as jogadas mais mirabolantes em um velho oeste perigoso é o game Desperados III.

Desenvolvido pelos alemães da Mimimi Games, o jogo funciona como um prequel para o primeiro game da série e acompanha o protagonista, John Cooper, no oeste americano durante a expansão do século XIX.

Mesmo sendo um game estratégico, o jogador pode escolher uma jogabilidade mais de ação por meio do modo "showdown", que pausa o jogo temporariamente e permite a criação de uma cadeia de ações para derrotar todos os inimigos.

6. Bloodstained Curse of the Moon 2

(PS4, Xbox One, PC, Nintendo Switch)

Bloodstained: Curse of the Moon 2 for Nintendo Switch - Nintendo Game  Details

O visual até pode enganar, mas não só Bloodstained Curse of the Moon 2 foi lançado em 2020 como ele mostra que a fórmula dos clássicos Castlevania ainda dão muito certo na atualidade.

A grande mecânica do jogo é a mudança entre os membros da sua equipe, que vão sendo adquiridos com o passar do tempo. Cada um tem habilidades próprias que permitem o acesso a certas áreas ou o ataque a inimigos de uma distância específica.

O título consegue passar a sensação de estar jogando um game do "Nintendinho", mas com mecânicas e balanceamentos diversos, que foram estudados e aprendidos com o passar dos anos. Recomendadíssimo!

7. Call of the Sea

(Xbox One, Xbox Series e PC)

Assista aos primeiros 18 minutos de Call Of The Sea no Xbox Series X -  Viciados

Lançado neste fim de ano, Call of the Sea chegou sem fazer grande alarde, mas conquistou diversos jogadores ao redor do mundo por seus gráficos absolutamente maravilhosos, sua narrativa extremamente envolvente e seus puzzles que esquentam a cabeça.

O jogador está na pele de Norah, uma mulher que está em busca de seu marido, o qual saiu em uma expedição para uma ilha no Pacífico em busca de uma cura para a doença de sua esposa, mas acaba se envolvendo com seres antigos e muito poderosos.

A trama é inspirada nos contos do escritor americano de terror cósmico H. P. Lovecraft e mesmo não tendo interação direta com outros personagens humanos, criamos um carinho por cada um deles e nos importamos com o fim que eles terão.

8. The Pathless

(PS4, PS5 e PC)

Giant Squid aims to connect with players in The Pathless - Unreal Engine

The Pathless é um jogo meio peculiar, mas lindo e divertido. Ele valoriza a sua curiosidade ao apresentar um mundo magnífico, cheio de ruínas com diversos puzzles para serem resolvidos.

O ouro do game está na sua movimentação, com o jogador podendo andar, deslizar e voar. Para correr e atirar em marcações no mapa, é necessário usar o arco e flecha. Felizmente, não é necessário ser o Robin Hood para isso, já que a ideia é a diversão e não a precisão.

Sem um mapa para acessar nem um fast travel, o game basicamente te joga em um ambiente inóspito e diz “vai lá, campeão” — o que foi a melhor decisão dos desenvolvedores do jogo.

9. Trials of Mana

(PS4, PC e Nintendo Switch)

Trials Of Mana: vazada informação que o jogo receberá demo

E quem recebeu um novo game em 2020 foi a franquia Mana, com o lançamento do action RPG Trials of Mana, que é um remake 3D do título que saiu inicialmente para o Super Nintendo em meados da década de 1990.

Mesmo trazendo diversas modificações ao título, como gameplay e visuais, com o intuito de agradar principalmente o público ocidental, o jogo mantém o mesmo enredo do original, o que foi muito bem visto pelos fãs old school da saga.

Então, se você está procurando um JRPG denso, divertido e que mistura o clássico com o moderno de forma equilibrada, sem dúvida Trials of Mana é o seu título!

10. Carrion

(Xbox One, PC e Nintendo Switch)

Análise: Carrion (Multi) traz uma divertida e monstruosa aventura -  GameBlast

O Phobia Game Studio pensou “como seria se a gente colocasse o jogador na pele do monstro em vez do herói que precisa matar o vilão?” O resultado é Carrior, em que o jogador deve usar os tentáculos do monstro para matar os inimigos e avançar as fases.

Mesmo sendo muito maior e mais forte do que os inimigos humanos, que estão trancados em uma base secreta por meio de nós, é complicado, pois eles estão em maior número e usam armas para nos atacar.

Porém, se engana quem acha que o game se resume a matanças desenfreadas. O jogo tem muitos puzzles para serem resolvidos e diversos elementos de metroidvania. Portanto, é necessário usar a cabeça e ter paciência para chegar ao endgame.

11. Mortal Shell

(PS4, Xbox One e PC)

Mortal Shell - Mortal Shell

Não é muito fácil encontrar bons jogos soulslike no mercado atualmente. A maioria dos que temos por aí são cópias dos jogos da FromSoftware ou apresentam diversos problemas que deixam a experiência frustrante. Nesse "mar de desesperança", achamos um pequeno oásis: Mortal Shell.

Sim, tudo parece familiar demais. Ele em nenhum momento esconde suas inspirações em Dark Souls, mas possui sua própria aura, história e clima, o que passa uma sensação de frescor e de novidade.

O primeiro game da desenvolvedora Cold Symmetry, formada por diversos veteranos da indústria, tem uma jogabilidade extremamente sólida, divertida e implacável, que vai agradar o mais exigente fã do subgênero de RPG.

12. Dragon Ball Z Kakarot

(PS4, Xbox One e PC)

Dragon Ball Z Kakarot | Análise | Squared Potato

Quem olha de primeira, acha que Dragon Ball Z Kakarot é só mais um game da série de mangá protagonizada por Son Goku, mas aquele que dá uma chance para o título se impressiona bastante.

Além de ser extremamente fiel ao conteúdo original, o game aborda as clássicas sagas dos Guerreiros Z, misturando intensas batalhas contra vilões poderosos e com momentos de exploração em ambientes bem abertos.

Poder visitar de forma livre os locais conhecidos dos animes e encontrar personagens queridos realizando seus afazeres ou só aproveitando o ambiente, o que dá uma sensação de imersão bem grande e pode agradar muito os fãs de carteirinha dos Saiyajins.

13. Temtem

(PS5, Xbox Series e PC)

Temtem: Conheça o MMO estilo Pokémon que virou febre - 30/01/2020 - UOL  Start

Temtem parece ter cara, gosto e cheiro de um MMO de Pokémon, mas é bem mais que isso! Você explora o mundo enquanto captura monstrinhos e batalha contra outros treinadores.

Na parte de mecânica de gameplay, muitas reclamações e pedidos feitos pelos fãs da franquia de monstrinhos de bolso estão aqui, como não ter que apagar um poder para adicionar outro. Não é só isso, mas há também ideias originais, como a barra de stamina.

Todas as batalhas são 2 x 2, sendo 100% online, apresentando um sistema coop e tendo uma variedade bem grande de missões secundárias para se fazer. Isso sim é criar e inovar com base em uma ideia antiga.

14. Spelunky 2

(PS4, PC e Nintendo Switch)

Spelunky 2 review | PC Gamer

Depois de 12 anos de espera, a sequência do incrível Spelunky chegou e impressionou. Spelunky 2 tem como protagonista Ana, filha do personagem principal do game anterior, que tem a árdua tarefa de explorar a Lua em busca de seu ente querido.

Os níveis do game são gerados proceduralmente e sempre apresentam novos desafios que precisam ser superados para continuar avançando; caso contrário, o jogador terá que voltar ao início e tentar fazer tudo de novo.

Conseguir uma arma poderosa logo no início tornará a aventura bem mais tranquila e fácil, mas isso não quer dizer que os desafios pelo caminho vão desaparecer. Nunca se sabe o que é esperado na escuridão.

15. Ghostrunner

(PS4, PS5, Xbox One, Xbox Series, PC e Nintendo Switch)

Arquivos ghostrunner - Blog da Atacado Games

Como sabemos, os universos Cyberpunk estão na moda e, nessa pegada, temos o recém lançado Ghostrunner, do estúdio polonês One More Level. O game mistura diversos elementos de plataforma, incluindo corridas nas paredes, com ação desenfreada e frenética.

O jogador deve usar a katana do personagem para atingir seus inimigos e se aproveitar da habilidade de deixar o tempo lento para analisar o ambiente, montando a melhor estratégia que o levará ao final de cada nível.

Com o passar do game, novos poderes bem fortes são liberados, o que aumentará a letalidade de Jack, o Ghostrunner. Em contrapartida, os inimigos ficarão mais fortes e os ambientes mais complicados.