FIFA 21 na nova geração traz visual melhorado e jogabilidade intacta

4 min de leitura
Imagem de: FIFA 21 na nova geração traz visual melhorado e jogabilidade intacta
Avatar do autor

FIFA 21 ganhou na última sexta-feira (4) a tão esperada versão para PS5 e Xbox Series S/X. O jogo traz muitas melhorias na parte gráfica, mas a jogabilidade se mantém praticamente a mesma. Vale lembrar que esse FIFA 21 não é considerado o primeiro next gen da franquia. A versão para os novos consoles da atual geração é uma espécie de port com melhorias, mas sem grandes alterações em relação ao game para PS4, PC e Xbox One.

Visual de cair o queixo

De longe, o grande ponto alto da nova versão de FIFA 21 é o seu visual. Assim que o game inicia, mesmo que você já tenha importado seu progresso da versão de PS4 ou Xbox One, será preciso jogar mais uma vez a partida de introdução, entre Liverpool contra PSG, que simula uma final da Champions League.

FIFA 21 da nova geração traz gráficos impressionantesFIFA 21 da nova geração traz gráficos impressionantesFonte:  Diego Borges / Reprodução 

Essa exigência funciona como uma porta de entrada para o game rodando na nova geração. Uma vez que há uma espécie de introdução, onde o jogo te coloca no lugar de uma das crianças que acompanham os craques na famosa entrada em campo. Essa animação traz desde os ônibus dos times chegando ao estádio, até os instantes que antecedem o início da partida.

Toda essa animação é projetada de forma a apresentar a qualidade visual da versão para a nova geração, focando em feições mais realistas dos jogadores, um comportamento menos genérico da torcida, e elementos externos mais detalhados, como banco de reservas, câmeras, e por aí vai.

Com a bola rolando, o visual continua impressionando. O sistema de iluminação é ainda mais real, principalmente em relação às sombras dos atletas no gramado, e o reflexo da luz nas suas peles e camisas. O nível de detalhamento também merece elogios, desde a aparência dos atletas, passando pelo gramado e indo até o acabamento das arquibancadas. Tudo é mais real no FIFA 21 da nova geração.

FIFA 21 impressiona pelo nível de detalhamentoFIFA 21 impressiona pelo nível de detalhamentoFonte:  Reprodução / Diego Borges 

Dois pontos merecem destaques: o primeiro deles é em relação à musculatura dos jogadores. Sim, é possível ver o músculo esticando em um movimento mais brusco o que torna os replays ainda mais reais. E o outro é o quanto as animações ganharam mais ênfase, com direito a uma comemoração mais longa caso você marque um gol importante nos minutos finais da partida.

Pequenas alterações na jogabilidade

Todos sabem que FIFA 21 não é oficialmente o primeiro game da franquia feito do zero para a nova geração. Com isso, já esperávamos por pouquíssimas mudanças na jogabilidade.

Jogabilidade se mantém a no FIFA 21 da nova geraçãoJogabilidade se mantém a no FIFA 21 da nova geraçãoFonte:  Diego Borges / Reprodução 

Por conta de um hardware muito melhor, achei o jogo bem mais fluído do que na versão para PS4, entretanto isso é quase imperceptível para jogadores mais casuais. Fora isso, nada se altera, como sistema de finalização, desarme, dribles, ou outros elementos do tipo.

A principal mudança é a nova câmera do jogo: a EA SPORTS GameCam. Ela tem um ângulo mais amplo, permitindo visualizar melhor os jogadores no gramado, além de mostrar mais detalhes extracampo, principalmente a torcida. Particularmente, não me adaptei a essa câmera e, logo na segunda partida, voltei para o padrão: Transmissão da TV.

 EA SPORTS GameCam é uma das poucas novidades de FIFA 21 da nova geração EA SPORTS GameCam é uma das poucas novidades de FIFA 21 da nova geraçãoFonte:  Diego Borges / Reprodução 

No PS5, há uma novidade em relação ao comportamento do joystick durante o jogo. O DualSense, como já se sabe, possui uma mecânica que faz com que seus gatilhos (L2 e R2) fique mais rígidos, dificultando o "apertar" dos botões durante determinados eventos do jogo. No FIFA 21 esse sistema ocorre de acordo com a barra de estamina do seu atleta, ou seja, quanto mais ele estiver cansado, mais difícil será pressionar o comando que faz o mesmo correr.

Embora interessante, é um tanto exaustivo se acostumar com essa mecânica. Em pouco mais de quatro partidas, comecei a sentir um certo incômodo justamente nos dedos que uso para pressionar esses botões. Para minha felicidade, e a de todos que não se adaptaram, é possível remover essa opção nas configurações do joystick no sistema do PS5.

FIFA 21 para PS5 e Xbox Series S/XFIFA 21 para PS5 e Xbox Series S/XFonte:  Diego Borges / Reprodução 

E por fim, mostrando a eficiência do SSD interno do PS5, as partidas no FIFA 21 nunca começaram tão rápidas. Por exemplo, durante o modo Ultimate Team, nem mesmo o time do seu adversário é apresentado, ou há a opção de treinar algum elemento antes da partida. Praticamente ela se inicia instantes depois que o comando de Começar a Partida é ativado.

Vale a pena?

FIFA 21 para PS5 e Xbox Series S/X é uma versão melhorada do game que foi apresentado em outubro aos jogadores do PS4, Xbox One e PC. O jogo traz mudanças significativas nos gráficos, mas altera em nada a jogabilidade. Talvez por essas limitações, a migração de uma geração para a outra é gratuita, diferente do que ocorreu em FIFA 14.

No fim das contas, é uma bela introdução do que poderemos encontrar em FIFA 22, que será o primeiro jogo da franquia desenvolvido especificamente para essa geração que acaba de se iniciar.


FIFA 21 na nova geração traz visual melhorado e jogabilidade intacta