Minecraft com Ray Tracing já está disponível para PC; confira detalhes

1 min de leitura
Imagem de: Minecraft com Ray Tracing já está disponível para PC; confira detalhes
Avatar do autor

Após oito meses em fase beta, Minecraft com RTX foi lançado oficialmente hoje (08) para os jogadores de PC (Windows 10). Para comemorar a ocasião, a Nvidia anunciou dois novos mundos com o primoroso Ray Tracing, o Colosseum e o Dungeon Dash. O primeiro mapa já está disponível, enquanto o segundo "chegará em breve".

Por mais "simples" que sejam os gráficos de Minecraft, o game da Mojang acabou virando uma vitrine para o Ray Tracing, com técnicas de renderização avançadas que amplificam os gráficos em blocos, mantendo a simplicidade e tornando o game visualmente ainda mais bonito. Confira:

As novidades não param por aí. Além do RTX, a Mojang também anunciou a compatibilidade de Minecraft com o DLSS, que deve aprimorar ainda mais os efeitos visuais do jogo.

É possível utilizar o DLSS — exclusivo das GPUs GeForce RTX — para dobrar o desempenho do jogo, atingindo pelo menos 60 de FPS na resolução 1920x1080, com exímia qualidade de imagem. Em placas mais recentes, como as RTX 3080 e RTX 3090, os jogadores podem esperar uma grande performance com resoluções em 4K e 60 FPS.

 

A Nvidia também está dando liberdade aos jogadores para converterem o Java Worlds em RTX para criarem suas próprias texturas PBR — e disponibilizou até um passo a passo para isso.

Também é válido mencionar que a Nvidia está organizando um concurso que vai premiar os jogadores com uma RTX 3070 ou RTX 3080. Basta postar um vídeo ou imagem nas redes sociais com alguma criação sua nas texturas PBR e marcar as hashtags #Minecraft e #RTXON para concorrer.

Fiquem ligados no Voxel para mais novidades!

Fontes