Nintendo cancela torneio de Smash Bros. por uso de emuladores online

1 min de leitura
Imagem de: Nintendo cancela torneio de Smash Bros. por uso de emuladores online
Avatar do autor

The Big House, um dos principais eventos competitivos de Super Smash Bros., decidiu utilizar emuladores e um programa chamado Slippi, que permite a jogatina multiplayer online na edição deste ano (já que estamos em época de pandemia). Porém, o campeonato teve que cancelar o torneio, previsto para o início de dezembro, depois de receberem uma intimação da Nintendo.


Em nota enviada ao portal Polygon, a Nintendo agradeceu o amor e a dedicação da comunidade para o jogomas reitera que, pelo fato dos organizadores estarem utilizando um programa que necessita de cópias não oficiais do jogo, não seria possível realizar o campeonato.

A casa do Mario também informou que tentou um primeiro contato de forma amigável para cancelar o torneio: "eles se recusaram, deixando a Nintendo sem escolha a não ser intervir para proteger sua propriedade intelectual e marcas. Não podemos tolerar ou permitir a pirataria de nossa propriedade intelectual".

Não pegou nada bem...

A ação da Nintendo contra um grande torneio gerou indignação em toda a comunidade de Super Smash Bros., inclusive em figuras importantes do cenário competitivo.

Hugo “HugS86” Gonzales, jogador profissional e streamer, criticou a Big N no Twitter, alegando que “eles não apenas não nos ajudam a crescer, como também nos impedem ativamente de crescer por conta própria. Estou cansado dessa empresa".


Ludwig Ahgren, outra personalidade do Smash, e diversas marcas de eSports do mercado também condenaram a ação da empresa e levantaram a #FreeMelee em prol da organização do evento.

E aí, o que vocês acharam da atitude da Nintendo? Contem para nós na seção de comentários!

Nintendo cancela torneio de Smash Bros. por uso de emuladores online