PUBG Mobile: game é banido e servidores são fechados na Índia

1 min de leitura
Imagem de: PUBG Mobile: game é banido e servidores são fechados na Índia
Imagem: Tencent/Divulgação
Avatar do autor

A versão para celulares de PlayerUnknown's Battlegrounds parou de funcionar em todo o território indiano no fim de outubro. O aplicativo havia sido banido pelo Ministério de Eletrônicos e Tecnologia da Informação do país asiático em setembro, mas a exclusão definitiva do jogo aconteceu nessa semana.

A confirmação do fato foi feita pela página oficial do game no Facebook. “Nós lamentamos profundamente esse resultado e agradecemos de forma sincera o apoio e amor de todos vocês”, pontuou o comunicado.

A proibição é resultado de problemas diplomáticos entre os governos indiano e chinês. Além do jogo da Tencent, que é um conglomerado da China, outros 117 aplicativos foram proibidos de serem utilizados em solo indiano. O país acusa os chineses de problemas graves com relação a segurança e privacidade nos apps.

A publicação explicando o caso do game recebeu mais de 2 mil comentáriosA publicação explicando o caso do game recebeu mais de 2 mil comentáriosFonte:  Reprodução/India Today 

“Proteger os dados dos usuários tem sido uma das nossas principais prioridades e nós sempre cumprimos as leis e regulamentos de proteção de dados. Todo o gameplay dos usuários é processado de uma maneira transparente conforme nossa política de privacidade”, rebateu o comunicado sobre a acusação do governo do primeiro-ministro Narendra Modi.

A partir de agora, os servidores indianos do jogo estão todos desligados. Apesar da exclusão do jogo para celular, a curiosidade nessa história é que o jogo para consoles segue funcionando. A explicação é que versão de PlayerUnknown's Battlegrounds para PlayStation 4, Xbox One e PC foi desenvolvida por um estúdio sul-coreano, que não foi afetado pela decisão do ministério indiano.

PUBG Mobile: game é banido e servidores são fechados na Índia