Sony não descarta comprar mais estúdios first party no futuro

1 min de leitura
Imagem de: Sony não descarta comprar mais estúdios first party no futuro
Imagem: Sony

Em uma reportagem publicada no site Reuters, Jim Ryan, o CEO da Sony Interactive Entertainment, falou um pouco sobre o futuro da empresa e como a geração está se desenhando para o PlayStation 5, especialmente depois de a Microsoft assumir uma postura de mercado mais agressiva e comprar a Bethesda.

Segundo Ryan, a ideia é que o ecossistema do PS5 continue crescendo organicamente, e que os seus melhores times, como a Sony Santa Monica e a Guerilla Games, ganhem ainda mais espaço para lançar grandes jogos. Mais interessante, ele admite a possibilidade de "aumentar a nossa capacidade first party com algumas compras e fusões pontuais de estúdios".

Obviamente ele ainda não entrou em detalhes sobre quais desenvolvedoras estão na mira da companhia, até mesmo porque, segundo o próprio Ryan, nem a pandemia do coronavírus conseguiu atrapalhar o seu lineup de jogos exclusivos. "As preocupações iniciais sobre o seu impacto na linha de jogos para 2021 e 2022 eram legítimas, mas acho que já deu para tranquilizar a todos".

Além disso, "a demanda pelo PS5 mostrada na pré-venda tem sido muito, muito considerável!". Ou seja, mesmo no estado atual da empresa, eles conseguiram espalhar uma boa agenda de lançamentos exclusivos, e a Sony não parece ter planos de sair correndo para comprar o primeiro estúdio que bater em sua porta. Tem algum estúdio que você gostaria de ver sendo comprado por eles? Comente a seguir!

Sony não descarta comprar mais estúdios first party no futuro