Crusader Kings 3: aproxima o jogador casual, mas quase joga por você

5 min de leitura
Imagem de: Crusader Kings 3: aproxima o jogador casual, mas quase joga por você
Avatar do autor

“Pensar o passado para compreender o presente e idealizar o futuro”. A frase de Heródoto, um dos grandes historiadores e pensadores do nosso mundo, sempre foi marca nas aulas de geografia e história. Quando passamos para o lado dos videogames, que tentam contar boas histórias, é impossível se desvencilhar da Paradox.

A empresa é responsável por mexer muito com o passado, colocando no mercado games como os da série Europa Universalis e Crusader Kings. Conhecidos como títulos de “Grande Estratégia”, os dois dominam o gênero no planeta. Com a chegada da segunda edição de CK, em 2012, o primeiro passo para uma grande evolução começou a ser traçado.

Muitos jogadores consideram Crusader Kings 2 um dos melhores jogos da Paradox, devido ao suporte dado desde o seu lançamento. Foram diversos aprimoramentos e DLCs contínuos ao longo dos anos. Todo este trabalho transformou o game em um dos jogos mais completos da empresa. Quase que uma década depois, os suecos resolveram lançar Crusader Kings 3. Agora, a grande pergunta é: conseguiu superar o seu antecessor? É o que tentaremos mostrar nas linhas seguintes, mas com uma ideia diferente. Joguei como se não soubesse falar inglês.

Tradução PT-BR

Infelizmente, CK3 não trouxe uma tradução oficial para a nossa língua. Para fazer este texto, eu resolvi utilizar um mod idealizado por Diogo Soares. O projeto, que ainda está em fase de conclusão, pode auxiliar em muito quem quer jogar Crusader Kings 3. Grande parte do texto em inglês já foi traduzido e facilitará em muito a vida dos jogadores.

“Tenho muitos amigos que não jogam apenas pela falta de tradução, então decidi juntar o pessoal para traduzir”, disse Diogo.

Inclusive, caso queira ajudar aqui vai o Discord para participar. O projeto segue em 3 etapas e ainda está em andamento.

1° Etapa -> Tradução bruta do jogo sem preocupação em formatação correta

2° Etapa -> Formatação correta para deixar tudo no mesmo nível do inglês e fluidez

3° Etapa -> Melhorar a formatação

Tenha paciência

Um dos grandes objetivos em Crusader Kings 3 é escolher uma dinastia e conquistar o mundo, evoluindo construções e desenvolvendo intelectualmente o seu reino. Só que o mais importante para jogar de forma correta é entender o contexto social, político e econômico em que se vive. Por isso será fundamental ler muito.

Ao utilizar a tradução conseguimos entender todo o pano de fundo para construir o arco narrativo da nossa história. Começamos nossa aventura com o Rei García, que controlava a Galícia. A região possui dois condados, comandado pelos duques Sanchu Ordoñez de Astorga e Nuño II Mendez de Portucale. Depois do falecimento do nosso pai, Ferdinand I, só restava uma solução: pegar em armas e lutar contra seus irmãos.

Resolvi traçar como questão principal o controle da região de León e Castillha. Antes de atacar seria fundamental resolver alguns assuntos internos, como nosso estilo de vida. Optei por usar a diplomacia como chave para o sucesso. Desta forma seria possível conseguir um entendimento melhor entre os reinos, sem partir para a agressão logo de cara.

Quando digo que é primordial ter tempo e paciência para jogar um “Grande Estratégia”, somente os dois parágrafos acima custou 2 horas de jogatina. Para escolher a minha esposa, entre as centenas disponíveis, foram mais 30 minutos. Portanto, tenha sempre em mente, que para usufruir tudo o que CK3 proporciona, é fundamental esconder o seu relógio.

Ensinar ou jogar por você?

Tem gente que só de ouvir falar no nome Paradox já sente calafrios. Com a simplicidade de muitos jogos que existem no mercado, títulos da empresa podem ser muito complexos. O pior de tudo é que o tutorial não diz nada com nada. Você abre o jogo e pensa: o que eu tenho que fazer? Por isto é necessário ter um breve conhecimento ou até mesmo jogar umas duas vezes, sem compromisso, para se ter uma ideia do que é possível fazer.

Infelizmente a tradução não poderá te ajudar aqui e não por culpa do mod. É culpa do game mesmo. O título não é intuitivo e afasta os jogadores que querem conhecer a aventura. Imagine então se você não tem domínio da língua inglesa? Fica mais complicado ainda.

Em contrapartida, CK3 trouxe algumas novidades que podem atrapalhar em muito a experiência de jogo. Muitas das das ações que podem ser feitas te dão uma prévia de conclusão. Isto pode ajudar os novatos, mas vai em rota de colisão com aqueles jogadores acostumados com o fator surpresa. Diminui muito o desafio encontrado no game. Imagine que você precisa tomar uma decisão a respeito de algo importante dentro do seu reino. As opções de escolha já possuem uma prévia do resultado, algo que não acontecia no seu antecessor.

Tirando leite de pedra

Crusader Kings 3 foi construído sobre o motor gráfico Clausewitz. A engine foi utilizada pela primeira vez Europa Universalis III, em 2007. Por ter código aberto, é possível fazer diversas alterações nos arquivos originais. Isto ajudou em muito sua vida útil, mas a saturação chegou ao limite.

As artes, imagens e modelagens dos personagens deixam muito a desejar e não condizem com o que encontramos atualmente no mercado. A empresa mudou texturas e até colocou avatares para dar vida aos personagens, mas isto não funcionou. Comparado com CK2 notamos as diferenças, porém, ao lembramos que chegamos a 2020, o desapontamento toma conta de nossas mentes.

Muito caminho a ser percorrido

Para Crusaders Kings 3 ser superior ao seu antecessor seria fundamental a inserção de novidades contundentes. Digo isto, pois CK2 é um game completo para quem quer entrar no universo de "Grande Estratégia". A forma como os condados foram divididos, simplificam muito a jogabilidade. Temos agora uma série de terrenos, que afetam diretamente suas construções, como as fortalezas.

Só que a simplicidade termina aqui. A Paradox inseriu micro-gerenciamento em cada um dos itens. No início você consegue se divertir dentro de um condado. Depois que o seu reino começa a ficar grande, tudo vai ficando burocrático e chato.

Crusader Kings III Preview | GameWatcher

A inteligência artificial precisa ser modificada urgentemente. Não só pela facilidade de se expandir um reino, mas pelas bizarrices proporcionadas. Antes do último patch era praticamente impossível jogar contra os nórdicos. A conquista de territórios é espantosa e chegava a ser utópica. Não duvide. Se fosse possível, eles controlariam o mapa inteiro do jogo. Mas eu tenho uma dica para você que está incomodado com isto. Vá nas configurações e restrinja o Alcance Diplomático. Vai ajudar bastante.

Vale a pena?

Crusader Kings 3 é um jogo complexo para quem não está acostumado com títulos deste gênero. O tutorial deixa muito a desejar, mas é muito mais convidativo do que o seu antecessor. Trouxe melhorias pertinentes para facilitar a leitura (como os hiperlinks) e vai fazer você se apaixonar ainda mais por história. Caso possua dificuldade com o inglês será fundamental instalar o mod idealizado pelo Diego. Só assim para a imersão te atingir em cheio. Conhecendo a Paradox, muitas melhorias deverão aparecer e é isto que pode ajudar em muito aos leitores a curtirem este jogo.

Crusader Kings 3 foi gentilmente cedido pela Paradox.

NOTA: 82

"Crisader Kings 3 é uma pedra preciosa a ser lapidada, simplifica o complexo, mas quase joga por você"

Fontes

Crusader Kings 3: aproxima o jogador casual, mas quase joga por você