Foi caro? Veja quanto custou a produção de alguns jogos antigos

2 min de leitura
Imagem de: Foi caro? Veja quanto custou a produção de alguns jogos antigos
Imagem: Acclaim

Quem está acompanhando as notícias referentes aos jogos para as plataformas da próxima geração certamente deve ter reparado que algumas produtoras já alegaram aumentos no preço por conta dos custos de produção. Entretanto, produzir games não é algo caro e cortesia apenas dessa geração.

Nessa matéria, traremos alguns exemplos de jogos antigos que tiveram valores bem altos em sua produção, seja por conta de licenciamento ou mesmo a contratação dos profissionais. Lembre também que o poder aquisitivo 30 anos atrás não era igual ao de hoje, então um valor relativamente baixo para os padrões atuais não tinha igual reflexo décadas atrás.

E.T. – US$ 23 milhões

Fonte:  YouTube 

Sabe aquele game de Atari que ninguém dá bola e até mesmo o time de produção aparentemente quer esquecer que um dia existiu? Ele custou apenas US$ 23 milhões inicialmente, e de acordo com uma fala de Skip Paul, executivo da Atari, esse valor foi apenas para garantir a licença de trabalhar com a marca.

Frogger – US$ 5 milhões

Fonte:  YouTube 

A diversão proporcionada por esse jogo teve um custo para torná-lo conhecido na época do lançamento. De acordo com o jornal New York Times, o time de produção gastou US$ 5 milhões apenas com a campanha de marketing da versão de Frogger para o antigo Atari 2600 – o que nos leva a imaginar que a produção deve ter aumentado um pouco essa cifra.

Mortal Kombat II – US$ 10 milhões

Fonte:  YouTube 

Se a Acclaim tinha alguma dúvida de que o primeiro Mortal Kombat não faria sucesso, o mesmo não pode ser dito sobre Mortal Kombat II. Novamente, o New York Times relatou, no período de lançamento do game, que a produtora precisou destinar US$ 10 milhões apenas para promover o segundo episódio da sua série de luta.

Full Throttle – US$ 1,5 milhão

Fonte:  YouTube 

Se os games acima tinham a vantagem de grandes cifras para suas campanhas de marketing, o mesmo não pode ser dito desse clássico criado por Tim Schafer. O motivo? O time teve que se virar para entregar o projeto completo tendo apenas US$ 1,5 milhão no bolso.

Twisted Metal – US$ 800 mil

Fonte:  YouTube 

Série de sucesso nascida no primeiro PlayStation, Twisted Metal caiu no gosto do público e provavelmente dos executivos da Sony. Falando ao site IGN, David Jaffe comentou que foi investido US$ 800 mil no projeto que, para sorte de todos, acabou atraindo bastante atenção dos jogadores.

Wing Commander IV – US$ 10 milhões

Fonte:  YouTube 

De acordo com uma informação publicada no site Texas Monthly, a sequência desse jogo de combate espacial tinha um orçamento de US$ 10 milhões para ser produzido. Deste montante, US$ 8,5 milhões foram gastos apenas com gravações utilizadas no game.

Shenmue – US$ 47 milhões

Fonte:  YouTube 

Esse talvez seja o projeto mais caro dessa lista, e o montante gasto para a produção deste game de ação foi revelado por Yu Suzuki durante uma apresentação realizada na GDC 2011 – um valor “baixo” perto dos US$ 70 milhões que muitos imaginaram inicialmente.

E você, imaginava cifras tão altas para um game produzido antigamente? Deixe a sua opinião no espaço mais abaixo destinado aos comentários.

Foi caro? Veja quanto custou a produção de alguns jogos antigos