No Man's Sky: Origins adiciona milhões de planetas e vermes de areia

1 min de leitura
Imagem de: No Man's Sky: Origins adiciona milhões de planetas e vermes de areia
Imagem: Hello Games

A última atualização de No Man’s Sky, chamada Origins, vai trazer milhões de novos planetas para explorar. Além dos novos mundos, que se diferenciam mais entre si, a novidade inclui diferentes eventos extremos, flora e fauna únicos, além de vermes de areia — um novo desafio para os jogadores enfrentarem.

A Hello Games planeja incluir uma diversidade ainda maior para a exploração. A adição de milhões de planetas com condições climáticas móveis e cenários com oceanos mais profundos, vulcões ativos, chuvas de meteoros, montanhas enormes, construções misteriosas e opções de escavação têm real impacto na jogabilidade, segundo a empresa.

Além disso, os novos planetas prometem ser definitivamente diferentes dos já explorados pelos jogadores desde que o jogo espacial foi lançado. O nome da atualização, segundo o diretor Sean Murray, parte da ideia de voltar às origens do que o jogo nasceu para ser, trazendo ideias e conceitos que não eram possíveis no lançamento.

“Construímos esse universo de métodos e o colocamos lá fora. Atualizamos muito o jogo, mas ele em si não mudou muito em termos dos planetas fundamentais que você percorre e explora. As pessoas passaram centenas de milhões de horas naquele universo que criamos [...] até certo ponto, é um pouco embaraçoso. Devíamos realmente fazer isso melhor”, disse Murray.

A nova atualização Origins para No Man’s Sky é gratuita e está disponível a partir de hoje (23) para jogar. A expectativa é que os detalhes mencionados pela equipe de desenvolvimento continuem impressionando os jogadores depois de ser lançada. O que você espera dessa atualização?

Fontes

No Man's Sky: Origins adiciona milhões de planetas e vermes de areia