Veteranos da id discordam sobre criação de mapas multiplayer de Quake

1 min de leitura
Imagem de: Veteranos da id discordam sobre criação de mapas multiplayer de Quake
Avatar do autor

Uma das principais contribuições de Quake para o mundo competitivo foi a popularização de mapas exclusivos para partidas multiplayer — até então, era comum que confrontos do tipo acontecessem em cenários compartilhados com a campanha single player. No entanto, parece que nem mesmo os funcionário da id Software sabem ao certo quem surgiu com essa ideia pela primeira vez.

Enquanto Tim Willits afirmou recentemente à PCGamesN que essa ideia é de sua autoria, veteranos como John Romero, Tom Hall e American McGee afirmam que a história não é bem essa. Romero afirma que a equipe de desenvolvimento já brincava há anos com mapas do tipo em Doom, incluindo vários feitos pela comunidade de jogadores em um serviço conhecido como DWANGO.

“American McGee inclusive lançou um mapa exclusivamente multiplayer em novembro de 1994 chamado IDMAP01. A comunidade incrível de Doom inventou a ideia de criar mapas exclusivos ao modo multiplayer, e eles merecem o crédito. O game devem muito a eles”, afirma Romero.

Já Willits acredita que a ideia foi sua e que tanto John Romero quanto John Carmack (os cabeças do estúdio) consideravam o conceito estúpido. “Então eu disse ‘não, não, não, deixe ver o que eu posso fazer’. E foi assim que os mapas multiplayer começaram. História real”, afirmou ele à PCGamesN.

Em seu blog, Romero descreve em detalhes o processo de criação dos mapas e afirma que Willits também está equivocado ao dizer que ele foi o único designer do primeiro capítulo de Quake. Além disso, ele observa que outros FPS, como Rise of the Triad, já haviam experimentado com mapas exclusivos ao multiplayer antes de Quake popularizar de vez esse conceito.

Veteranos da id discordam sobre criação de mapas multiplayer de Quake