Pokémon deve continuar exclusivo às plataformas da Nintendo

1 min de leitura
Imagem de: Pokémon deve continuar exclusivo às plataformas da Nintendo
Avatar do autor

Embora a Nintendo tenha uma participação acionária na Pokémon Company, na prática a empresa funciona de forma independente — ou seja, ela teoricamente pode produzir conteúdos para outras plataformas. No entanto, quem espera que isso aconteça vai ficar decepcionado, segundo afirma Junichi Masuda, um dos principais nomes da Game Freak, empresa responsável pelos principais jogos da série.

Questionado sobre essa possibilidade pela Game Informer, Masuda foi enfático ao afirmar que acredita que isso [o lançamento em outras plataformas] jamais vai acontecer. “Com Pokémon, ao menos, realmente sentimos que é importante ficar com a Nintendo nos títulos de Pokémon, então penso que isso nunca vai acontecer”.

“Todos conhecem a Nintendo; há uma familiaridade com a marca, e eles têm esse nome realmente forte e associar Pokémon a isso é muito importante”, complementou o desenvolvedor. Segundo ele, é um tanto difícil dizer quem é o “dono” da franquia, visto que a Nintendo, a Game Freak e a Creatures compartilham os direitos sobre ela.

Apesar do bom relacionamento entre a desenvolvedora e a Nintendo, ela não é obrigada a produzir games somente para plataformas como o 3DS e o Switch. O maior exemplo disso é Tembo the Badass Elephant, publicado em 2015 pela SEGA para Xbox One, PlayStation 4 e PC, que segue sem previsão de chegar a algum video game da dona de Mario.