Diretores explicam por que Monster Hunter World não está no Switch

1 min de leitura
Imagem de: Diretores explicam por que Monster Hunter World não está no Switch
Avatar do autor

Originada nos portáteis da Sony, a série Monster Hunter teve alguns bons anos de “casamento” com o Nintendo 3DS — relação que parece ter chegado ao fim com o anúncio de Monster Hunter World. Enquanto Monster Hunter XX saiu no Switch (somente no Japão), o capítulo mais recente da série aparecerá no Xbox One, PlayStation 4 e PC, deixando de lado a plataforma da Nintendo.

Segundo os diretores do game, Kaname Fujioka e Yuya Tokuda, o motivo pra isso é simples: o Switch não seria um bom lugar para que eles conseguissem mostrar e atingir a visão que tinham para o futuro da série. “Não temos planos para o Switch neste momento. Parte da razão é porque o título está em desenvolvimento por quase 4 anos”, explicaram eles à IGN.

Monster Hunter World

“No tempo que nos comprometemos a nossas escolhas de hardware, decidimos usar somente os consoles mais poderosos da geração atual disponíveis na época, que eram o PlayStation 4 e o Xbox One. Então a decisão foi feita antes de o Switch ser anunciado ou estar disponível para compra”.

"decidimos usar somente os consoles mais poderosos da geração atual disponíveis na época, que eram o PlayStation 4 e o Xbox One"

A situação seria menos pior para os donos do Switch caso a Capcom decidisse trazer Monster Hunter XX, uma versão atualizada de Generations, para o Ocidente. A empresa chegou a comentar que não iria fazer uma adaptação ocidental do game — algo que desmentiu pouco depois —, e até o momento parece que isso ainda não faz parte de seus planos futuros.

Diretores explicam por que Monster Hunter World não está no Switch