RARE desiste de punir com perda de ouro as mortes de Sea of Thieves

1 min de leitura
Imagem de: RARE desiste de punir com perda de ouro as mortes de Sea of Thieves
Avatar do autor

A RARE revelou na última segunda-feira (26) que não vai mais punir com perda de peças de ouro os jogadores de Sea of Thieves que encontrarem a morte. Segundo a empresa, o “Custo de Morte” que seria adicionado ao game em uma atualização foi cancelado após jogadores expressarem suas críticas e preocupações em relação ao novo recurso.

“Nós erramos com a mensagem em relação a isso, e agora isso se foi. Obrigado pelo feedback honesto e pelas discussões sobre isso”, afirmou o produtor Joe Neate em sua conta pessoal no Twitter. As principais críticas em relação ao novo recurso é relacionada a uma confusão: embora a RARE nunca tenha intencionado punir quem morre em batalhas PvP, sua mensagem inicial dava a entender que isso iria acontecer.

“Nós erramos com a mensagem em relação a isso, e agora isso se foi"

A desenvolvedora atualizou seu site oficial para esclarecer as regras do Custo de Morte, mas nem isso foi suficiente para acalmar a comunidade. “Entendemos que essa adição às notas de lançamento foi um pouco confusa, e no futuro vamos garantir que qualquer atualização futura que discutirmos vai dar uma ideia melhor de como vamos implementá-la”, afirmou a empresa. “Sea of Thieves está evoluindo constantemente, e qualquer recurso vamos testar, monitorar dados e ouvir ao feedback para garantir que tomamos as decisões certas”.

RARE desiste de punir com perda de ouro as mortes de Sea of Thieves