Miyazaki não é contra remake de Demons’s Souls, mas não gostaria de fazê-lo

1 min de leitura
Imagem de: Miyazaki não é contra remake de Demons’s Souls, mas não gostaria de fazê-lo
Avatar do autor

Com o grande sucesso da trilogia Dark Souls e de outros jogos com mecânicas semelhantes, não é de se admirar que muita gente pede que a From Software faça um remake de Demon’s Souls, lançado em 2009. Em uma entrevista à Game Informer, o diretor Hidetaka Miyazaki, que ganhou notoriedade com esse tilo de jogo, afirmou que não é contra a ideia — só que ele não tem intenção em trabalhar nela.

Demon's Souls

“É como quando você escreve — quando você é mais jovem, você olha para o passado e pensa ‘Oh, meu Deus, no que eu estava pensando’”, explicou o diretor. “Não é que eu esteja envergonhado, eu só não gosto de olhar para meus trabalhos passados”. Ele esclareceu que tem um carinho especial pelo game, mas que a ideia de trabalhar em um remaster traz “borboletas” para seu estômago.

Decisão está nas mãos da Sony

Segundo Miyazaki, cabe à Sony decidir se vale a pena fazer um remake ou remaster de Demon’s Souls, visto que os direitos do jogo pertencem a ela. Ele afirma que não se opõem a esse tipo de ideia, contanto que o estúdio responsável pelo projeto “realmente ame o trabalho original e colocasse seu coração e alma em criá-lo novamente”.

Demon's Souls

Embora nada de concreto exista sobre um possível remake/remaster de Demon’s Souls, rumores que circulam há certo tempo indicam que esse trabalho pode ser feito pela Bluepoint, que já recriou games como Shadow of the Colossus. Caso algo nesse sentido realmente aconteça, o aniversário de 10 anos do jogo pode ser a oportunidade perfeita para um anúncio do tipo.

Miyazaki não é contra remake de Demons’s Souls, mas não gostaria de fazê-lo