Obsidian pede que The Outer Worlds não seja usado para criticar Fallout 76

1 min de leitura
Imagem de: Obsidian pede que The Outer Worlds não seja usado para criticar Fallout 76
Avatar do autor

Desenvolvido pelos criadores dos primeiros games da série Fallout, The Outer Worlds traz bastante semelhanças com a série, mas deixa o mundo pós-apocalíptico para apostar em um ambiente espacial futurista. Essa distinção não foi o suficiente para fãs descontentes com Fallout 76 que usam o novo game da Obsidian como forma de criticá-lo — algo que não é aprovado por seus desenvolvedores.

The Outer Worlds

“É desanimador quando seu game é usado para criticar outro. Eles estão animados porque nosso game vai mostrar algo a outro jogo”, afirmou o codiretor Tim Cain em uma entrevista à Game Informer. “Esse não é o motivo pelo qual estamos fazendo isso. Não estamos fazendo isso para que alguém não queira jogar outra coisa. Estamos fazendo isso para as pessoas que querem jogar”.

Experiência arrasadora

Segundo Leonard Boyarsky, o outro diretor de The Outer Worlds, o game está em desenvolvimento há certo tempo e que não faz sentido ver nele uma resposta a Fallout 76. Ele afirma que é uma “experiência arrasadora” quando um jogo não vai bem após os desenvolvedores investirem anos de sua vida neles — experiência que tanto ele quanto Cain já tiveram no passado.

“O fato de que as pessoas estão tentando dizer algo sobre os games de outra companhia no qual as pessoas colocaram seus corações e almas não é algo que nos deixa realmente felizes”, afirmou Boyarsky. Segundo o CEO da Obsidian, Feargus Urquhart, a intenção do game é dar aos jogadores aquilo que eles gostaram em Fallout: New Vegas, mas há espaço suficiente para que The Outer Worlds e a visão mais recente da Bethesda convivam em harmonia.

Obsidian pede que The Outer Worlds não seja usado para criticar Fallout 76