EA espera vender até 8 milhões de cópias de Star Wars: Jedi Fallen Order

1 min de leitura
Imagem de: EA espera vender até 8 milhões de cópias de Star Wars: Jedi Fallen Order
Avatar do autor

Embora tenha falhado em suas expectativas para Anthem, a Electronic Arts continua estabelecendo objetivos bastante ambiciosos para seus projetos. Na reunião com acionistas ocorrida na última terça-feira (7), a publicadora afirmou que pretende vender de 6 a 8 milhões de cópias de Star Wars: Jedi Fallen Order até o final do ano fiscal de 2019, que se encerra em março de 2020.

Star Wars Jedi Fallen Order

O CEO da EA, Andrew Wilson, não justificou quais os motivos para as expectativas estarem tão altas, mas a animação em relação ao que foi apresentado até agora pode ser uma das justificativas. Desenvolvido pela Respawn, o game usa a Unreal Engine 4 e promete oferecer uma experiência centrada no single player.

Expectativas em alta

O uso da marca Star Wars e a proximidade com o final da nova trilogia também devem ajudar a Electronic Arts a conseguir seus objetivos. O mais recente título que a publicadora trouxe desse universo, Battlefront II, não correspondeu às suas expectativas, mas, mesmo com as polêmicas que gerou, conseguiu vender mais de 7 milhões de cópias antes do final de 2017, ano em que chegou às lojas.

Star Wars: Jedi Fallen order

Star Wars: Jedi Fallen Order promete revelar seu primeiro gameplay oficial durante o próximo evento EA Play, que coincide com o início da E3. Com versões para PC, PlayStation 4 e Xbox One, o game está programado para receber seu lançamento mundial no dia 15 de novembro.

EA espera vender até 8 milhões de cópias de Star Wars: Jedi Fallen Order