Para ajudar feridos na Austrália, Ubisoft doa US$ 30 mil para Cruz Vermelha

1 min de leitura
Imagem de: Para ajudar feridos na Austrália, Ubisoft doa US$ 30 mil para Cruz Vermelha
Avatar do autor

Neste exato momento, um terrível incêndio assola o povo da Austrália, que está nesta situação desde setembro de 2019. O fato se dá pela combinação de temperaturas extremamente quentes, acima dos 40º, com a falta de chuva no país. Ao todo, mais de 1,5 bilhões de hectares de terras foram queimadas, junto da morte de bilhões de animais da fauna australiana.

Frente a esta infeliz situação, a sede da Ubisoft no país doou uma quantia de US$ 30 mil para o fundo de assistência a desastres e recuperação da Cruz Vermelha australiana, e pede para que todos ajudem nesta causa. Confira o pronunciamento oficial da empresa via Twitter:

-

No tweet, a desenvolvedora informa que a intenção de sua comunidade de jogadores era criar itens e vendê-los em seus jogos, para arrecadar fundos e ajudar na causa. No entanto, este tipo de ação demoraria um tempo para ser feito, já que precisariam desenvolver os itens e comercializá-los. Frente a isso, a Ubisoft informou que como era um problema de imediato, precisava de uma atitude imediata.

Não é a primeira vez que a Ubisoft age de forma filantrópica em prol de algum desastre. Ano passado, quando a Catedral de Notre Dame desabou, a empresa ofereceu de imediato o modelo da catedral de Assassin's Creed Unity para ajudar na reconstrução, já que era uma maquete fiel criado pela designer do estúdio, Caroline Miousse.

Além de vários artistas, apresentadodores e a própria Ubisoft estarem ajudando com doações, outras empresas e pessoas da indústria de games também estão abraçando a causa, como é o caso do fundador da Epic Games Store, Tim Sweeney, que doou US$ 15 milhões para uma instituição que cuida dos animais da fauna australiana. A Bungie, produtora de Destiny e Halo, também está arrecadando fundos para o combate de incêndios no país.

Para ajudar feridos na Austrália, Ubisoft doa US$ 30 mil para Cruz Vermelha