Capcom registrou vendas recorde em seu último ano fiscal

1 min de leitura
Imagem de: Capcom registrou vendas recorde em seu último ano fiscal
Imagem: Capcom

A fase anda muito boa para a Capcom, que compartilhou um comunicado de imprensa ostentando vendas recorde no primeiro trimestre fiscal de 2020! Mais precisamente, no período entre 31 de março de 2020 e 30 de junho de 2020, os meses que marcam o início de mais um ano fiscal.

Segundo a produtora, "as vendas alcançaram níveis recorde para o período, lideradas pelo lançamento de um novo título e crescimento das vendas digitais. No mesmo período do ano passado, a empresa arrecadou 17.9 milhões de ienes, um número que creseu 32.2% e chegou a 23.7 milhões neste ano.

O novo título a que eles se referem é Resident Evil 3, que vendeu respeitáveis 2.7 milhões de cópias em três meses. A má notícia é que o jogo anterior, Resident Evil 2, conseguiu vender 4.2 milhões de jogos na mesma janela de tempo, o que indica uma recepção mais morna para a sequência.

As vendas digitais subiram 53.7%, aumentando sua arrecadação de 14 milhões de ienes para 21.5 milhões de ienes, o que é coerente com a informação que divulgamos recentemente, sobre as vendas digitais representarem já 80% das vendas totais da produtora.

Seus fliperamas, por outro lado, tiveram uma queda de 56.3% em arrecadação. Para a Capcom, "lojas foram forçadas a fechar temporariamente com o impacto da COVID-19 e, mesmo retomando suas operações depois, sua performance não voltou aos níveis normais".

Por fim, a Capcom enalteceu Monster Hunter: Iceborne como um dos principais responsáveis pelos recordes obtidos no período. Você está feliz com o sucesso da produtora? Conte para a gente nos comentários a seguir!

Fontes

Capcom registrou vendas recorde em seu último ano fiscal