The Last of Us Part 2: fase do museu levou 2 anos para ser feita

1 min de leitura
Imagem de: The Last of Us Part 2: fase do museu levou 2 anos para ser feita
Imagem: https://www.youtube.com/watch?v=aqopShde8-A

Em um vídeo publicado nesta última segunda-feira, 3, pelo canal Game Maker's Toolkit, foi revelada uma entrevista que o apresentador Mark Brown realizou com Evan Hill, ex-level designer da Naughty Dog e responsável por recriar cenários em The Last of Us Part 2. Os dois conversaram um pouco sobre o desenvolvimento do título e trouxeram informações curiosas sobre os principais aspectos da construção da marcante e emocionante fase do museu.

A seção, parte importante do capítulo 'O Presente de Aniversário', mostra um inédito momento de descontração entre Joel e Ellie, apesar de contar, de forma muito sutil, como a tensão entre os dois foi estabelecida e de que forma isso repercute em seus diálogos, expressões e interações. Segundo Evan, nada disso foi deixado de lado no processo criativo da fase, com todos os aspectos sombrios sendo refletidos na iluminação do museu e em sua moldagem.

O artista menciona que o processo foi inteiramente meticuloso, iniciando com a utilização de modelos 3D básicos que seriam, posteriormente, cobertos à medida que as informações como limites do cenário, cutscenes e posicionamento de objetos se tornassem mais claras.

Ao ser questionado pelo apresentador sobre o tempo que durou para construir toda a fase, o programador foi direto e assustou com sua resposta. "Praticamente dois anos sólidos", disse Hill, mencionando que "houve alguns níveis neste jogo que foram refeitos cerca de 25 vezes."

A fase do museu ainda contou com a supervisão constante de Neil Druckmann e Halley Gross, reforçando não somente a pressão para entregar o trabalho perfeito, mas a importância narrativa que o momento possuía.

Fontes

The Last of Us Part 2: fase do museu levou 2 anos para ser feita