EA confirma remoção de anúncios in-game em UFC 4

1 min de leitura
Imagem de: EA confirma remoção de anúncios in-game em UFC 4
Imagem: https://thenerdstash.com/ea-removes-in-game-ads-in-ufc-4-following-backlash/

Após uma enxurrada de críticas e reclamações nas redes sociais, a EA Games concordou em remover definitivamente os anúncios in-game de UFC 4. Agora limitados apenas aos logotipos e marcas no ringue e em itens estéticos, as propagandas chegavam a estampar toda a tela dos jogadores durante a exibição de replays, algo que definitivamente não foi bem recebido pela comunidade.

Mais comum em serviços gratuitos ou de baixo valor, como ocorre em streaming populares ou em aplicativos de smartphones, as propagandas em UFC 4 foram bastante controversas desde o lançamento do game, em 14 de agosto, especialmente por ser vendido em lojas físicas e digitais por um valor considerado acima do "preço cheio", com sua versão base custando R$ 298 na PSN e R$ 299 na Microsoft Store.

(Fonte: EA Games/Reprodução)(Fonte: EA Games/Reprodução)Fonte:  The Verge 

Em um comunicado enviado ao site Euro Gamer, a Eletronic Arts confirmou que a utilização de propagandas é um recurso muito comum nos games de UFC, mas a estratégia abordada de literalmente poluir quase toda a tela resultou em uma péssima recepção por parte dos fãs da franquia. “É bastante claro, a partir de seus comentários, que a integração de anúncios nas experiências de sobreposição do replay não é bem-vinda."

A EA se desculpou por não ter avisado com antecedência e confirmou que "os anúncios foram desativados pela equipe" e garante que as propagandas, ativas desde o início de setembro, não irão retornar, impedindo que a experiência dos jogadores seja novamente interrompida.

UFC 4 está disponível para PlayStation 4, Xbox One e PC.

EA confirma remoção de anúncios in-game em UFC 4