Programador da id software não curtiu a RAM do Xbox Series S

1 min de leitura
Imagem de: Programador da id software não curtiu a RAM do Xbox Series S
Imagem: id software

Por melhor que tenha sido a recepção do Xbox Series S, nem todos ficaram felizes com a alternativa mais modesta ao Xbox Series X. Por exemplo, Axel Gneiting, programador principal de engines da id software, usou o seu twitter pessoal para malhar um pouco as especificações técnicas do console:


Really bummed about this RAM situation on the Series S. This isn't easy to compensate and drags down base spec quite a bit for next gen multi platform. RAM increase was already small compared to previous gen, now it's almost non existent. RT BVHs also need a lot of mem on top.

— Axel Gneiting (@axelgneiting) September 10, 2020


"Fico realmente decepcionado com a situação de RAM no Series S.", lamentou Axel. "Não é fácil compensar isso, e ela acaba puxando para baixo as especificações multi plataforma da geração. A melhoria de RAM já era pequena comparada à geração anterior, e agora então, foi quase inexistente!"

"E aquele papo de que os jogos de PC são escalonados é baboseira. Todo jogo AAA feito na última década tem os recursos feitos uma só vez de forma que rode nas configurações mínimas, que são a base, e então vamos aprimorando um pouco aqui e ali para rodar nas configurações mais altas. Ou seja, a configuração mínima importa, e você poderia sempre fazer mais se tivesse mais poder já na base."

O que você achou da visão do Axel? Gostaria que o Xbox Series S fosse mais poderoso e mais caro, ou gostou do resultado? Comente logo abaixo!

Programador da id software não curtiu a RAM do Xbox Series S