Acompanhar uma competição de games está se tornando algo comum entre os jogadores, afinal os fãs de League of Legends, DotA 2 ou mesmo Counter-Strike: Global Offensive sempre contam com vários torneios para movimentar o cenário competitivo. E, segundo uma recente pesquisa do Superdata, essa é uma atividade que está conquistando cada vez mais seu espaço no mercado, movimentando audiências enormes e prêmios milionários.

No estudo mais recente da agência, é estimado que os eSports movimentem nesse ano cerca de US$ 621 milhões em eventos pelo mundo todo, alcançando uma audiência global de 134 milhões de pessoas.

Apesar do crescimento no ocidente, os games competitivos ainda são muito mais fortes em países orientais como a Coréia do Sul ou a China. Só lá o mercado movimentará US$ 374 milhões, cerca de 61% do índice global.

Grande parte do sucesso dos eSports está nas mãos das publicadoras que investem pesado nas competições de games. A Riot Games é a grande responsável pelos circuitos profissionais de League of Legends pelo mundo, mas outros estúdios também se destacam, como a Wargaming, de World of Tanks, a Hi-Rez Studios, de Smite, a Valve, pelo DotA 2, e a Activision Blizzard, de Call of Duty: Advanced Warfare.

Além das publicadoras, os torneios movimentam times profissionais, grandes patrocinadores, empresas especializadas na organização de torneios e plataformas de transmissão, como o TwitchTV. Juntos, eles atingem os 134 milhões de espectadores pelo mundo.

Apesar do enorme mercado, nem sempre o investimento traz retornos financeiros diretos para o estúdio. O co-fundador e presidente da Riot Games, Marc Merril, explicou para os analistas do Superdata que a empresa “perde muito dinheiro em eSports”. Mas ele apresenta qual é o motivo do apoio: “é algo, atualmente, que nós fazemos para trazer retornos; se nós trouxermos valor para nossos jogadores, eles irão nos recompensar com o engajamento.”

A premiação do campeonato mundial de DotA 2, o The International 5, é uma das provas do quanto o eSport está atingindo níveis monetários cada vez maiores. A edição do ano passado quebrou todos os recordes e ofereceu US$ 10,9 milhões aos melhores times do mundo. Neste ano, em menos de três dias a comunidade já levantou US$ 5 milhões, e está com tudo para bater a meta anterior.

No cenário norte-americano, o eSport mais visto é Call of Duty (28%), seguido por League of Legends (9%). Isso reflete também nos gêneros mais acompanhados, sendo que 52% dos fãs d eSport nos Estados Unidos assistem competições de FPS, seguido por games esportivos com 18% e MOBAs com 16%.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: