O desempenho de tablets para jogos é, atualmente, uma referência no mercado. O poderio é tamanho que cabem reflexões sérias sobre a forma como a indústria pode se moldar nos próximos anos. De acordo com Blake Jorgensen, chefão de finanças da Electronic Arts, os tablets vão se tornar um elemento mais importante da jogatina dos gamers e podem superar o poder dos consoles dentro de quatro anos. Na visão do executivo, o crescimento exponencial do poder de processamento desses dispositivos móveis pode fazer com que eles evoluam com mais rapidez.

“O que nos deixa mais empolgados é o poder de processamento de dispositivos móveis e a velocidade com que estão crescendo. O que isso pode significar é que um tablet, daqui a três ou quatro anos, terá mais poder do que um console típico tem. E isso vai abrir todo um leque de pessoas que vão estilizar os jogos ao estilo daqueles existentes no console, com mais imersão, mais profundidade, mais narrativa. Tudo será menos estático do que aquela rápida experiência enquanto você espera o ônibus passar”, opinou o executivo durante a conferência de Tecnologia, Internet e Mídia nos EUA.

Experiência imersiva em qualquer lugar, e não a mera jogatina rápida

Sem papas na língua, Jorgensen não necessariamente descarta os consoles, que movem uma indústria multibilionária, mas coloca a experiência mobile como algo muito além de uma jogatina rápida e sem imersão. “Buscamos formas de combinar esses dois modelos [jogatina rápida e imersão] para ter uma experiência mais gratificante, esteja você na sala de estar, no ônibus ou na casa de um amigo. (...) Essa é uma grande oportunidade para nós”, ponderou.

É interessante observar alguns ângulos do atual panorama do mercado de dispositivos móveis para contrastar com a teoria do executivo. As vendas do iPad, por exemplo, estão caindo. Não em queda livre, mas estão caindo. Parte disso certamente se deve à existência de uma gama de tablets de diversas marcas à disposição dos consumidores e também porque os smartphones estão cada vez mais poderosos, algo que pode eliminar a lacuna existente entre celulares e tablets.

O que você pensa disso? Não deixe de opinar abaixo.

Cupons de desconto TecMundo: