O DerpTrolling, grupo hacker que assumiu o ataque DDoS aos servidores da Blizzard durante o lançamento de World of Warcraft: Warlords of Draenor, revelou algo que pode assustar algumas pessoas: eles descobriram nome de usuário e senha de milhares de contas dos serviços da PlayStation Network (PSN), 2K Game Studio e Windows Live.

O arquivo contendo a lista completa com todos esses usuários e senhas havia sido disponibilizado pelo DerpTrolling através do Twitter. O tweet contendo o link para esse documento, entretanto, já foi apagado.

Screenshot por Michelle Starr/CNET

“Querida internet, o arquivo a seguir é uma pequena porção do que Lord Gaben e as invasões de seu glorioso bando conseguiram através dos mares da internet”, leu-se junto ao tweet que disponibilizou o arquivo com as contas.

Por causa desse vazamento, a recomendação é para que todos os usuários desses serviços, mesmo aqueles que não estavam inclusos nessa lista, troquem suas credenciais por motivos de segurança. Outra sugestão é alterar as palavras-chaves de outras plataformas que compartilhavam o uso da mesma senha.

De acordo com informações do CNET, um total de 2.131 contas da PSN, 1.473 do Windows Live e 2 mil da 2K Games Studio haviam sido divulgadas nesse arquivo. O grupo fez isso como resposta ao fato de as empresas terem ignorado os avisos sobre falhas de segurança nos serviços prestados.

Eles ainda afirmam estar em posse de milhares de números de cartões de crédito, contas do Twitter, do Facebook, da Origin/EA e muitos outros serviços na internet. Portanto, fica a dica: assim que possível, troque a senha dessas plataformas para evitar qualquer inconveniente com ataques hackers e invasões em suas contas.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: