O final de semana foi extremamente movimentado para os fãs de League of Legends. Pela segunda vez seguida, um time sul-coreano enfrentou uma equipe chinesa pelas finais da temporada oficial da Riot Games, mas dessa vez o palco foi muito especial. O estádio de Sangam, que trouxe as partidas da Copa do Mundo de 2002, reuniu 40 mil pessoas para acompanhar a disputa entre a Samsung Galaxy White e a Star Horn Royal Club — um resultado que acabou favorecendo o time da casa e congratulando mais uma vez os jogadores coreanos como campeões.

As partidas passaram na madrugada do último domingo (19), começando às 4h45 no horário oficial de Brasília. Como no ano passado, a final foi decidida em um formato de melhor-de-cinco. O primeiro confronto foi extremamente agressivo por parte dos coreanos, garantindo batalhas mesmo debaixo das defesas da Royal Club e deixando os chineses sem reação. Toda essa ação você confere no vídeo abaixo, em inglês.

O controle tático foi muito mais presente na segunda partida, pela qual as duas equipes se mostraram muito mais cuidadosas durante as movimentações. Apesar das batalhas acirradas, a equipe coreana aos poucos foi levando a vantagem com as belíssimas jogadas de Jang "Looper" Hyeong-seok, garantindo sua segunda vitória.

A equipe chinesa conseguiu responder na terceira partida, conquistando uma longa atuação e bons itens que favoreciam a sua composição de campeões. Destaque para a performance de Jiang "Cola" Nan, que conseguiu dizimar a vida dos coreanos para fechar a primeira vitória para a Royal Club.

A quarta partida, no fim, terminou lembrando muito o primeiro confronto. Apesar de um placar muito próximo no início do jogo, os coreanos conseguiram focar o dano sobre o carregador da Royal Club e fechar a série com a vitória final que precisavam para levantar a taça.

Com o resultado de 3 partidas a 1, a Samsung Galaxy White levou para casa o título e o prêmio de US$ 1 milhão, enquanto que a vice-campeã, Star Horn Royal Club, ficou com US$ 250 mil. Os demais finalistas levaram entre US$ 25 mil e US$ 75 mil, dependendo da classificação final.

Em 2013, outra equipe coreana acabou levando a melhor na grande final contra o time de Jian "uzi" Zi-Hao. A SK Telecom T1 fechou o torneio com um convincente 3 a 0 e também garantiu US$ 1 milhão pela vitória, deixando os chineses com o primeiro vice-campeonato do país no competitivo de League of Legends.

Ao menos, se a situação continuar dominante para os coreanos, a China ainda se orgulha do título do mundial de DotA 2 — deixando a rivalidade asiática cada vez mais acirrada para o próximo ano. Mas será que o mundo dos eSport reserva uma grande surpresa para 2015 ou o domínio dos MOBAs continuarão na mão dos orientais? Façam suas apostas.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: