Graças ao site alemão PCHardware.de, uma opção “secreta” de Shadow of Mordor foi trazida à tona: deixar os gráficos em qualidade Ultra além daqueles indicados nativamente pelo jogo. Para fazer isso, não apenas é necessário seguir uns passos para essa grande “gambiarra”, como também você precisa de uma placa de vídeo com 6 GB de memória RAM. Atualmente, apenas placas como Radeon HD 7970 e R9 290X (ou GeForce GTX 780 e 780 Ti) cumprem esse requisito.

Segundo os testes do site EuroGamer, que levaram em conta que a maioria dos jogadores possui uma placa de vídeo com 2 GB, foi possível aproveitar os gráficos em qualidade máxima sim... Porém, é necessário sacrificar a taxa de quadros por segundo e fixá-la em 30 FPS para não ter (muitos) problemas de desempenho. Com as configurações máximas, 2 GB roda apenas a qualidade Medium, sendo necessários 3 GB para a High e 6 GB para a Ultra.

Caso você já tenha comprado o game e queira testar o visual melhorado (mesmo que o PC não possua tanto poder), siga os passos a seguir:

  • Acesse este link do Steam;
  • Use o botão “Launch” ou “Install”, no topo da página;
  • Um erro vai aparecer;
  • Entre na versão de Desktop do Steam;
  • Em sua Biblioteca, clique com o botão direito do mouse sobre Shadow of Mordor;
  • Selecione “DLC” e marque a opção “HD texture pack”;
  • Force um update no jogo (ou mande o Steam verificar os seus arquivos);
  • Caso o passo anterior dê algum problema, reinicie o Steam e tente novamente;
  • Pronto, isso deve começar o download de 3,7 GB de texturas  em qualidade Ultra não disponíveis junto com o download básico do jogo (mesmo que ele tenha a opção “Ultra” nativamente).

Mas qual seria a razão para haver uma opção de texturas tão exigente assim? Durante a EGX, na semana passada, o site EuroGamer entrevistou Bob Roberts, o designer-chefe de Shadow of Mordor. Segundo ele, a ideia era disponibilizar a maior qualidade possível para garantir a alta fidelidade dos personagens e cenários à proposta do jogo. (Afinal, se eles podiam fazer isso, por que deixar o trabalho para modders, não é mesmo?)

Embora seja interessante ter a chance de rodar gráficos em qualidades já superiores a PlayStation 4 e Xbox One, o único problema disso é tornar placas de vídeo de lançamento extremamente recentes (e potentes) já obsoletas em comparação com o que é necessário para rodar tudo no máximo. Além disso, a maneira como o computadores gerenciam memórias é menos eficiente do que nos consoles, tornando minúscula a parcela dos gamers no mundo capaz de aproveitar essas texturas.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: