Quem um dia esperava ver Titan figurar entre os novos MMOs da geração recebeu uma triste notícia no dia de hoje. Após anos de segredos e informações escassas, o co-fundador e CEO da Blizzard, Mike Morhaime declarou em uma entrevista para o Polygon que o projeto foi oficialmente cancelado pelo estúdio.

“Nós criamos World of Warcraft, e nos sentíamos extremamente confiantes em fazer um MMO. Dessa forma, nos propusemos a fazer a coisa mais ambiciosa que podíamos imaginar, mas ela não nos acompanhou”, inicia Morhaime durante a entrevista, relembrando que, tecnicamente, eles nunca chegaram a anunciar Titan.

“Nós não encontramos a diversão nele”, comentou o representante da empresa. “Não encontramos a paixão também. Nós conversamos como poderíamos colocá-lo em um período de reavaliação, e reavaliamos se aquele era o jogo que realmente gostaríamos de fazer. E a resposta foi não”.

O peso do cancelamento foi algo muito ressaltado pela administração da empresa. “É muito, mas muito difícil fazer esses tipos de decisão. Foi assim quando cancelamos Warcraft Adventures, e também foi difícil quando cancelamos Starcraft Ghosts. Mas tudo isso resulta em um trabalho de maior qualidade”, revela Morhaime.

A arte de Nick Carver, um dos artistas que trabalhava em Titan

Mais um MMO?

A produção de outro MMO foi algo muito questionado pelo vice-presidente da empresa, Chris Metzen. Segundo ele, dedicar muitos recursos para um segundo jogo do gênero não seria bom para a identidade que a Blizzard mantinha na comunidade. “Nós somos uma companhia de MMORPG?”, questionou. A resposta veio de Morhaime: “não queríamos nos identificar com um gênero em particular”.

No entanto, os dois não descartam a possibilidade de fazer outro MMO em um futuro, embora as intenções com World of Warcraft ainda estejam mais animadas do que nunca. “Minha esperança é que, pessoalmente, nós demos suporte à ele para sempre”, comentou Metzen.

Os dois ainda compararam o período de produção com a de uma banda de rock que dura muito tempo e começa a gerar atrito entre os membros. “Por muitos anos, Titan foi exatamente isso para nós”, comentou Metzen.

“Nós demos alguns passos e consideramos que ele tinha ganchos muito interessantes. Ele tem seu mérito pela ampla ideia, mas ela não estava encaixada. Ela não destilou, a música não fluía. Por todas as nossas boas intenções, nossa experiência ou pela criação que levamos junto, nós tivemos que decidir por isso”, concluiu.

Para os representantes, foi Hearthstone quem ajudou a empresa a sair dos modelos de grandes lançamentos. “Talvez nós possamos ser quem nós desejamos ser e inspirar os grupos ao redor da empresa para experimentar e serem criativos, pensando além da caixa e dando chances para as coisas que podem emocionar as pessoas”, reflete Metzen. “Talvez eles não precisem ser colossais”.

Afinal, o que sabíamos sobre Titan?

A primeira aparição de Titan veio em 2007, quando a Blizzard abriu algumas vagas de emprego para um projeto de um MMO de “próxima geração” e dando início a inúmeras especulações em torno da comunidade. Foi somente em 2008 que Morhaime confirmou o envolvimento e citou que ele seria totalmente diferente dos demais outros títulos do estúdio.

Os primeiros detalhes sobre o jogo só surgiram em 2009, quando o diretor de World of Warcraft, Jeffrey Kaplan, comentou em uma entrevista para o MTV Multiplayer que o Titan seria uma combinação de influências sci-fi, pós-apocalípticas e de um futuro próximo.

Um período de silêncio se estabeleceu sobre o jogo, até que em 2013 foi citado que a equipe que trabalhava no jogo foi massivamente remanejada, iniciando um trabalho de reconstrução e adiando-o para 2016. Mas foi em agosto do ano que a empresa retirou as menções do jogo na página de carreiras, deixando muitos em dúvidas sobre o futuro do game.

Os temores dos fãs, no entanto, se concretizaram hoje, pouco mais de duas semanas antes da BlizzCon 2014. Analistas dizem que o cancelamento do jogo custou para a empresa mais de US$ 50 milhões pelo tempo de projeto, embora não tenha sido o primeiro título cancelado pelo estúdio.

Apesar do alto investimento, a Blizzard deixou para trás um jogo que, mesmo sem imagens, motivou a imaginação de muitos jogadores. Sua natureza titânica, presente até no nome, vai ficar eternamente pendurada na memória dos games que nunca puderam ver a luz do dia.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: