Uma das principais reclamações dos jogadores que experimentaram DayZ é o “superpoder” que os zumbis têm de conseguir atravessar paredes e solos. Pensando nisso, o desenvolvedor Robert Prest decidiu refazer o jogo sozinho utilizando uma engine melhor e livre de erros: a de Doom.

Seus motivos são bem simples: “Cansei de zumbis que atravessam paredes e percebi que Doom possui uma engine muito mais interessante de se usar” – acho que ele estava sendo um pouco sarcástico, não é mesmo? De qualquer modo, Prest decidi tocar o barco sozinho e já construiu muita coisa no jogo.

Segundo o desenvolvedor, o game já possui:

  • Dia e noite;
  • Animais;
  • Fogo e alimentos;
  • Pontos de renascimento;
  • Cantis de recuperação;
  • Armas;
  • Comida;
  • Ossos quebrados;
  • Morfina;
  • Doenças;
  • Temperatura;
  • Chuva;
  • Helicópteros;
  • Visão noturna;
  • Prédios exploráveis;
  • Copos quebráveis.

Já tem muita coisa... Menos zumbis. Além disso, a aparência dos objetos também não é lá grande coisa. Claro que Doom é de 1993, mas olhando o desenho do inventário abaixo, dá para ver que o rapaz não é muito caprichoso. Ainda assim, temos que dar um desconto, afinal ele está trabalhando sozinho.

Se você quer conferir como o projeto está ficando, basta dar uma olha na página oficial de DoomZ.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: