Ao lado de Final Fantasy, Dragon Quest é uma das grandes franquias japonesas de RPG para video games. A primeira edição do jogo, que deu nome à série, foi publicada em 1986 – quase 30 anos atrás – e, desde a última quarta-feira (10), está disponível para aparelhos portáteis com sistemas Android e iOS.

O clássico, que esbanja lutas, magias e monstros em um mundo de fantasia, foi repaginado para que possa ser apreciado no sentido vertical nos smartphones. Foi disponibilizada a opção de mudar a posição dos controles livremente, tornando possível jogar com uma ou duas mãos.

No game você encarna um guerreiro descendente do lendário herói Erdrick, e sua missão é derrotar o odioso vilão Dragonlord, que se libertou do poder da Esfera de Luz e agora quer abalar a paz da terra de Alefgard. O jogador terá que explorar diversos mapas e cavernas, desvendar quebra-cabeças e, é claro, matar muitos slimes – monstrinho icônico do game.

Criado por Yuji Horii, o RPG que arrebatou milhões de jogadores conta com trilha sonora assinada por Koichi Sugiyama e design de personagens do mundialmente famoso Akira Toriyama, autor de Dragon Ball. O game se junta a outros títulos da série portados para sistemas móveis, como Dragon Quest IV e Dragon Quest VIII.

A versão mobile do jogo custa por volta de R$ 6 a R$ 7, tendo como requisito o iPhone 4 ou superior para aparelhos da Apple e rodando em dispositivos Android a partir da versão 2.3 (Gingerbread). No mundo dos video games, a franquia deve marcar seu retorno com Dragon Quest Heroes, previsto para 2015 no PS3 e no PS4.

Cupons de desconto TecMundo: