Já não é novidade para ninguém que o mercado de PCs vem sofrendo uma queda vertiginosa no mundo todo desde que tivemos a chegada dos smartphones mais poderosos do mercado. Nem mesmo no Brasil a situação é diferente: como comentamos em uma recente matéria do TecMundo, os computadores desktop caíram 30% em vendas no período de um ano.

Para o mercado dos PCs gamers, porém, a situação está bem diferente. Segundo um relatório feito pelo analista Jon Peddie, essa área agora vale mais de 21,5 bilhões de dólares (aproximadamente R$ 47 bilhões), passando a ter o dobro do valor do mercado de consoles.

Em busca do melhor

“Nós continuamos a ver uma mudança nos clientes de console casuais movendo para o mobile” disse Ted Pollak, um dos integrantes do Jon Peddie Research ao site MCV. “Enquanto isso também está ocorrendo no mundo dos games de PC de baixo nível, mais dinheiro está sendo direcionado para montagens de médio e alto desempenho, e upgrades por gamers”.

Pollak ainda continua. “PC gamers comprometidos geralmente não estão interessados no puro consumo de conteúdo das plataformas. Eles são ‘power users’ e pagam milhares pela habilidade de jogar games em configurações bem altas e então fazerem negócios, edição de vídeo/foto, criação de conteúdo e outras tarefas com o máximo de cavalos de força à seu dispor em um ambiente ergonômico da área de trabalho”.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: