O gênero MOBA, por contar com toda a adrenalina e rapidez dos combates, sempre combinou com a agilidade dos periféricos de um computador. No entanto, as arenas cheias de ação e confrontos agora também serão exploradas nos tablets – e pela mesma franquia que fez sucesso nos PCs. A CD Projekt Red anunciou hoje The Witcher: Battle Arena, o novo título gratuito que está sendo desenvolvido para os aparelhos com iOS e Android.

Os personagens poderão se enfrentar em arenas baseadas na conquista de territórios, dominando pilares para tirar os pontos da equipe adversária em um modo de três contra três jogadores. Oito ícones da franquia poderão ser escolhidos entrar na batalha, como Saskia, Eithne, Zoltan, Iorveth, Philippa e o próprio The Witcher.

Diferentemente da maioria dos outros MOBAs, como League of Legends ou DotA 2, as partidas de The Witcher: Battle Arena são previstas para durar menos que dez minutos. Cada personagem poderá escolher cerca de três habilidades enquanto evoluem pela partida, além de ser possível comprar itens com o ouro obtido pela morte dos adversários.

“Não queremos brigar com League of Legends ou DotA”, contou para o Polygon o líder do projeto, Tadeusz Zielinski. “Isso foi projetado com a experiência mobile em mente, e, para ser honesto, não é fácil transferir o gênero MOBA para os aparelhos móveis. Eu te desafio a dizer três jogos desse gênero na plataforma. Mas esta é a direção que tomamos por que o MOBA está finalmente forte o bastante para nos permitir que façamos tudo em uma tela pequena.”

O jogo também será gratuito. Se algum receio surgiu na cabeça dos leitores quanto à isso, o estúdio já tranquiliza: tudo pode ser desbloqueado com o tempo e não haverá um estilo “pague para vencer”. “Se não quiser reunir pontos para um novo herói, por exemplo, você pode comprá-lo”, esclarece Zielinski.

Os controles serão adaptados para a tela. A movimentação será baseada no toque, enquanto que um comando de ataque pode ser executado tocando no herói inimigo. Para ativar as habilidades, bastará encostá-las no lado esquerdo da tela, enquanto o mapa e os atributos do herói podem também ser encontrados no visor. Além disso, o time estará oferecendo partidas com personagens controlados pelo computador quando a internet não estiver ao lado dos jogadores.

Customizações também estarão disponíveis, como a possibilidade de diminuir a recarga das habilidades em troca de perca de poder, por exemplo. Também será possível criar novos itens para equipar os personagem – tudo para preparará-los para uma guerra diferente do que os fãs de The Witcher estão acostumados.

Se você está inquieto esperando por The Witcher 3: Wild Hunt, talvez possa se distrair com as batalhas de The Witcher: Battle Arena. Isso se o MOBA sair antes que o jogo para PC, já que a CD Projekt Red ainda não divulgou nenhuma data para que o título seja lançado nos tablets.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: