Todo mundo sabe que os esportes eletrônicos estão se tornando um segmento importantíssimo em certos países. A Coreia do Sul, que sempre se consagrou como um importante polo do cenário da jogatina competitiva, parece disposta a dar mais um passo para mostrar ao mundo que os eSports devem ser vistos como qualquer outra atividade esportiva convencional.

De acordo com o site asiático GameMeca, uma empresa sul-coreana recentemente passou a oferecer um serviço denominado “Punching”, no qual cyberatletas de prestígio são contratados para dar aulas de League of Legends através de videoconferências. Exatamente: caso esteja realmente disposto a entrar no cenário competitivo e tenha dinheiro para tal, você já pode contratar o seu próprio “personal trainer” de um dos MOBAs mais famosos do mundo.

Através do serviço, o professor consegue interagir com o jogador por voz, gestos e até mesmo fazendo desenhos explicativos na tela, como uma espécie de lousa virtual. De acordo com os criadores do Punching, o tutor não tem acesso direto ao game e não pode jogar pelo consumidor.

Por enquanto, só é possível contratar professores para League of Legends, mas o serviço deve começar a oferecer tutores para DotA 2 em um futuro próximo. Entre os primeiros treinadores contratados para trabalhar no novo serviço, destacam-se os famosos atletas SBS, LongPanda, Pecko e Ring Troll. As primeiras aulas estão programadas para começar em agosto. E você, teria coragem de pagar alguém para ensinar você a jogar online?

Cupons de desconto TecMundo: