(Fonte da imagem: Reprodução/Wikimedia)

Em entrevista concedida ao site OXM, Abbie Heppe, gerente de comunidades da Respawn Entertainment, falou sobre a pressão pela qual o pequeno e independente estúdio passou em decorrência do bem-sucedido lançamento de Titanfall pra PCs e Xbox One. A desenvolvedora, hoje com 95 empregados, não parece ter sido intimidada pela projeção do jogo – uma versão otimizada do FPS para PCs deverá ser lançada em breve pela Respawn, inclusive.

De acordo com Heppe, um dos primeiros desafios enfrentados pelo estúdio foi fazer com que o prestigiado time de desenvolvimento entendesse a nova metodologia de trabalho em um ambiente corporativo até então também inédito. A equipe, composta por ex-funcionários da Infinity Ward, foi submetida a experiências profissionais novas, nas quais “o escritório significava mais do que colocar pessoas sentadas em torno de seus iPads”, disse a gerente.

O que desenvolver?

Houve muita discussão sobre que tipo de jogo desenvolver, e o prazo era curto. “Não foi algo como: ‘em 10 anos deveremos lançar um game’. [O projeto] estava caminhando para outra direção, como uma experiência – nós precisávamos fazer algo como estúdio independente, pois não éramos propriedade da EA e tivemos de encarar isto”, comentou a executiva.

Titãs

Mas toda esta pressão inicial, na opinião de Heppe, acabou sendo proveitosa. “Olhando para trás, e levando em conta o lançamento do jogo, foi algo surreal.” A entrevistada falou ainda sobre a icônica configuração do pequeno time. Em termos de comunicação e troca de ideias, nenhum tipo de impedimento truncou a criação de Titanfall. “Somos pequenos, e podemos nos comunicar facilmente. Todos sentam juntos e há muita colaboração. A paixão do time foi capaz de resolver uma série de partes complicadas [durante o desenvolvimento]”.

Titanfall quer substituir Call of Duty? Não

Seria Titanfall um assassino de Call of Duty? Acusações como estas foram – e ainda são – frequentes. Em objetiva e breve resposta, Heppe diz que “não dá atenção a coisas desse tipo, honestamente”. O trabalho desenvolvido pela Respawn foi pautado por uma força criativa independente e própria. “Nosso time só se preocupou em focar em Titanfall e não em copiar outro game. Será interessante notar o impacto de Titanfall sobre jogos do gênero, e, se houver alguma contribuição, isso será realmente legal”, pontuou a executiva.

Titanfall com suporte à resolução de 4K para PCs [rumor]

De acordo com notícia publicada pelo site Polygon, a NVIDIA vai oferecer suporte à resolução 4K para Titanfall em sua versão para PCs. A afirmação foi supostamente feita por Ashu Rege, gerente da Developer Content and Tecnology. Além disso, parece que o suporte à GPU também será uma das novidades oferecidas ao game.

Importante mencionar que, ao menos até o momento de publicação desta matéria, a fonte originária desta notícia encontra-se offline. É igualmente relevante atentar para o fato de que ontem (20) um anúncio de melhorias gráficas para o game foi feito pela NVIDIA.

“A Respawn vai anunciar atualizações para o suporte a monitores de alta definição 4K e lançar também nossa tecnologia SLI multi-GPU para uma fantástica experiência high-end em PCs”, teria escrito Rege. Fique atento às nossas atualizações e acompanhe futuras confirmações sobre os supostos updates para a versão de Titanfall para PCs.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: