(Fonte da imagem: Renato Mesquita/BJ)

Sexta-feira é um dia que coroa a semana de todos nós, trabalhadores. É um dia mais empolgante que sábado ou domingo, talvez. É o período que marca a descompressão de uma rotina atribulada que todos temos. Até mesmo os personagens de games tiram uma folguinha – sim, eles existem no mundo real.

Mas ninguém aqui do Grupo NZN contava com uma “visitinha” tão inusitada: o zumbi de Plants vs. Zombies. Carente de suas desventuras com plantas para comer os miolos de Crazy Dave, o maltrapilho personagem principal da franquia desenvolvida pela PopCap em parceria com a EA, o morto-vivo apareceu no escritório da nossa equipe vestindo seu traje clássico. De acordo com a EA, apenas “três ou quatro” zumbis iguais a esse existem na vida real – e nós da NZN tivemos a honra de conhecer um deles.

Veja só o que o zumbi fez por aqui:

Importunou os redatores em suas mesas

Logo que chegou, o zumbi estava sedento por carne humana. Nada mais natural, afinal de contas a alimentação faz parte do cardápio dele. Portanto, respeitemos o habitat de cada um.

(Fonte da imagem: Bruno Micali/BJ)

Ele entrou no prédio – educado, diga-se de passagem, cumprimentando a portaria e todos no caminho – subiu ao nosso andar e aí “bateu a larica”. Para manobrar a situação, convidamos o visitante a uma partida de Super Street Fighter 4 em nosso fliperama – mas antes deixamos o zumbi degustar só um pedacinho de um dos redatores.

Tirou contras em Super Street Fighter 4 e perdeu

É claro que atuamos com profissionalismo e não permitimos que houvesse qualquer desfeita. Mantendo a etiqueta, convidamos o morto-vivo para uma partida em Super Street Fighter 4.

(Fonte da imagem: Renato Mesquita/BJ)

Eis que o zumbi escolheu o E.Honda. A luta rolou entre o personagem e Blanka. Nada mais justo, não? Só que o morto-vivo saiu do fliperama sem a vitória. Ele disse que estava “cansado” e “com sede”. Perguntamos se estava com fome também, e ele novamente tentou atacar um de nossos redatores. Desconversamos e tudo voltou ao normal.

(Fonte da imagem: Bruno Micali/BJ)

Conversou sobre política, bolsa de valores e mais

O zumbi se mostrou surpreendentemente articulado em conversas mais formais e não teve papas na língua para falar sobre questões políticas – principalmente o descaso do governo para com um iminente apocalipse zumbi –, bolsa de valores e outros assuntos controversos.

(Fonte da imagem: Bruno Micali/BJ)

A única lamentação é que o morto-vivo, em função de suas limitações vocais, respondia apenas com grunhidos e murmurinhos, mas soube se gesticular bem com as mãos.

Balanço positivo: volte sempre, zumbi!

Após uma chegada “esfomeada”, uma conversa diplomática e algumas partidas de Super Street Fighter 4, o zumbi se mostrou flexível, humilde e controlou seu espírito sedento por carne humana.

Ele até tirou fotos com a galera e foi embora com a promessa de entregar ao governo um plano para montar refúgios subterrâneos ao iminente apocalipse zumbi – o visitante tentou dizer que outros da espécie dele podem representar perigo.

(Fonte da imagem: Bruno Micali/BJ)

Volte sempre, zumbi! Sua visita ficará eternamente em nossas memórias, registradas nas imagens da galeria que você confere abaixo. Enquanto isso, matamos a saudade jogando Plants vs. Zombies mesmo...

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: