Durante o evento X10 da Microsoft em Toronto, um representante da empresa falou sobre os planos futuros da empresa em relação ao Windows Phone 7. Utilizando como base a estrutura da rede Xbox Live, a companhia anunciou ter em mente o objetivo de permitir a interação entre jogos para a plataforma móvel e aqueles feitos com consoles e computadores.

Inicialmente, os títulos vão interagir baseados em turnos, nos quais uma atividade realizada em um aparelho reflete posteriormente em outro – por exemplo, um nível completado em um jogo para celular pode destravar novas fases ou armamentos para seu correspondente no console. Mais ou menos o que já acontece entre alguns consoles portáteis e suas respectivas versões caseiras.

Segundo um representante da companhia, a Microsoft está trabalhando em uma forma de ampliar esse tipo de interação, permitindo a troca de dados em tempo real entre diferentes aparelhos. Isso abre a possibilidade de controlar um título de estratégia através do celular e ver o resultado imediato na tela da televisão, ou de enviar automaticamente as melhorias feitas em um personagem no Xbox 360 para sua contraparte portátil – isso só para citar alguns exemplos.

Outra forma de interação esperada se dá entre os títulos para computador que compartilham a estrutura da Xbox Live para oferecer experiências online. Assim, não é difícil pensar em títulos que integrem alguma espécie de interação entre sua versão para celular, computador pessoal e console de videogame – tudo isso com atualizações em tempo real e direito ao acesso remoto de informações importantes.

Embora os representantes da Microsoft tenham declarado que a interação em tempo real é uma das prioridades da companhia para seus jogos, não foi anunciada nenhuma data para que o serviço comece a funcionar. Porém, a companhia garantiu que a interação baseada em turnos estará ativa desde o primeiro dia do lançamento do Windows Phone 7.

Cupons de desconto TecMundo: