Apple é bombardeada com games com o nome Candy em protesto contra a King

1 min de leitura
Imagem de: Apple é bombardeada com games com o nome Candy em protesto contra a King
Avatar do autor

(Fonte da imagem: Reprodução/Slate)

A decisão da King, criadora do jogo Candy Crush, de registrar o uso do termo “candy” na Europa gerou bastante revolta entre desenvolvedores — especialmente após a companhia decidir processar os criadores do game The Banner Saga. Como forma de protesto, foi organizada a chamada “Candy Jam”, iniciativa que pretende inundar a iTunes Store com 100 títulos destinados a contestar o registro polêmico.

Entre os jogos que devem ser incluídos na iniciativa estão “CAN D”, “ThisGameIsNotAboutCandy”, “CanDieCanDieCanDie”, “Candy Crush SEGA” e “Candy_Game (Press to hear Candy)”, entre outros nomes similares. Entre outras palavras que também fazem parte dos títulos estão “apple”, “saga”, “memory” e “scroll” — todas elas responsáveis por alguma espécie de controvérsia no campo dos direitos autorais.

O objetivo dos criadores é protestar contra o registro de nomes comuns, algo considerado ridículo pelos organizadores da jam. “Enquanto parece que há certo consenso quanto à necessidade de que uma companhia se proteja contra cópias descaradas de nomes ou aspectos de um game, eu acredito que isso [o ato da King] foi feito com tão pouca sutileza que conseguiu reunir muitas pessoas na oposição”, afirmou ao The Escapist Laurent Raymond, um dos cofundadores da Candy Jam.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Apple é bombardeada com games com o nome Candy em protesto contra a King