(Fonte da imagem: Reprodução/BJ)

A Rússia é conhecida por brindar o restante do mundo com coisas impressionantes, e de lojas de aplicativos do país vem uma versão pirata de Minecraft: Pocket Edition que, além de ser paga (ela custa 2,50 euros, enquanto a original sai por 5,40 euros), traz diversos problemas para os usuários. 

De acordo com o site PC Mag, a edição não oficial coloca vários trojans no aparelho do usuário, além de dar aos criadores dessa versão controle do sistema de serviço de SMS para enviar mensagens com doações para serviços, por exemplo. 

Segundo a empresa de segurança F-Secure, o arquivo do jogo é real. A Mojang, produtora de Minecraft: Pocket Edition, incluiu nele um código que protege o jogador contra esse tipo de ação, mas parece que os criadores dessa versão conseguiram furar esse bloqueio.

Cupons de desconto TecMundo: