(Fonte da imagem: Divulgação/Microsoft)

De acordo com o projeto original do Xbox One, 10% do seu processamento gráfico é mantido reservado para o Kinect e para aplicativos rodando em segundo plano — por meio do sistema concorrente Snap Mode. Entretanto, a Microsoft diz que poderá liberar essa reserva para os desenvolvedores, a fim de maximizar a qualidade gráfica em casos específicos.

“A atual reserva de recursos promove um forte isolamento entre o título e o sistema, simplificando o desenvolvimento dos jogos”, disse o engenheiro da Microsoft Andrew Goosen, em entrevista ao site Eurogamer. “Forte isolamento significa que os processos do sistema, que são variáveis, não vão perturbar o desempenho da renderização do game.”

Ele continua: “No futuro, nós planejamos abrir mais opções para que os desenvolvedores acessem essa reserva de GPU, sem alterar as funcionalidades do sistema”. Eis, portanto, mais uma das promessas “para o futuro” da Microsoft. É esperar para ver.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: