O grupo Sixense — responsável pelo desenvolvimento do sistema de reconhecimento de movimentos utilizado pelo Razer Hydra — acaba de anunciar uma nova tecnologia muito interessante. Trata-se do STEM, que utiliza cinco sensores diferentes para colocar os jogadores em ambientes virtuais muito mais realistas e interativos do que os que existem normalmente nos games.

Os kits do STEM contam com sensores sem fio para mãos, pernas e cabeça, mas os consumidores vão poder optar por utilizar apenas os de mãos — que seria uma versão melhorada dos atuais Razer Hydra.  Todos substituem teclados, mouses e controladores comuns de video games. Segundo os desenvolvedores, será possível utilizá-los a até cinco metros de distância da base principal.

Parece interessante, não é mesmo? Pois é bem possível que isso chegue ao mercado internacional no início do próximo ano. Os desenvolvedores do sistema STEM levaram a ideia até o Kickstarter para arrecadar fundos que seriam utilizados nas pesquisas e nos materiais utilizados para a produção dos equipamentos. O objetivo inicial do Sixense era arrecadar US$ 250 mil, mas o valor foi ultrapassado rapidamente.

Em poucas horas, o STEM já possuía mais de US$ 400 mil investidos por consumidores de todo o mundo. Vale dizer que ainda faltam 28 dias para o encerramento das arrecadações e isso significa que é bem possível que o valor seja deixado para trás rapidamente. Isso significa que a Sixense vai mesmo montar os aparelhos de reconhecimento de movimentos e imersão de realidade virtual para diversos games.

Cupons de desconto TecMundo: