O VGLeaks continua a sua saga de vazamentos de números e especificações técnicas que estão antecipando detalhes sobre a nova geração de consoles. Após uma série de revelações sobre o Orbis e o chip gráfico do PlayStation 4, é a vez do Durango ser debulhado pelo veículo e ter suas entranhas reveladas ao mundo.

Os números confirmam um rumor antigo: em processamento bruto, falando apenas da GPU, o novo Xbox fica cerca de 33% abaixo de seu principal concorrente, o PlayStation 4. Tal fato levantou rumores de que a Microsoft estaria prestes a inserir um chip “secreto” em seu dispositivo, aumentando de forma externa o potencial da máquina.

O grande destaque aqui, como já havia sido comentado antes, são os 32 MB de memória ESRAM, uma unidade de alta velocidade que serviria, principalmente, para o sistema de antialiasing do console. Dessa forma, o recurso não consumiria processamento central da GPU, e sim contaria com uma fonte individual para ser utilizada após a renderização das imagens pela placa.

Diferenças nos detalhes

(Fonte da imagem: VGLeaks)

Uma nova técnica, chamada de Compressed Antialiasing, também facilitaria a melhoria gráfica no console. A ideia, aqui, é utilizar a maioria dos benefícios dos sistemas tradicionais de suavização, mas com utilização de recursos muito mais relaxada e reduzida.

A expectativa dos especialistas, apesar de tudo, é que a diferença visual entre o Xbox 720 e PlayStation 4 seja semelhante à vista na atual geração. Os jogos rodam praticamente iguais, com diferenças perceptíveis apenas em detalhes, como alguns aspectos de processamento e suavidade. A briga vai acontecer no campo dos exclusivos e serviços e não no poderio gráfico.

A tabela acima contém todos os números, dados e especificações para você que é entendedor de programação e quer saber cada detalhe do Durango. Confira mais sobre o assunto no site VGLeaks.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: